Domingo, 15 de Dezembro de 2019
MAUAZINHO

Polícia prende acusado de matar, estuprar e desfigurar rosto de mulher no Mauazinho

Segundo familiares, o autor do crime conhecia a vítima no bairro. Ele também é investigado por estuprar outra mulher



15/08/2017 às 11:29

Wilson Ferreira Abreu, de 37 anos, mais conhecido como “Bodão”, foi preso pela Polícia Civil apontado como autor do homicídio de Ivanilde Pedrosa dos Santos, de 52 anos, assassinada no dia 5 de agosto deste ano no bairro Mauazinho, Zona Leste de Manaus. A mulher foi estuprada e, em seguida, agredida até a morte pelo autor, tendo o rosto desfigurado. Ele também é investigado por outro estupro ocorrido 20 dias antes da morte de Ivanilde.

Segundo o delegado Juan Valério, da Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS), logo após o crime uma das testemunhas do crime indicou que Wilson era o autor. A partir daí, moradores do bairro começaram a procurá-lo, no entanto, o homem conseguiu fugir para o município de Codajás, a 240 quilômetros de Manaus, local onde ele acabou preso na tarde de ontem (14) em cumprimento de mandado de prisão.



“Já tínhamos a convicção de que ele era o autor a partir de relatos de duas testemunhas e provas do crime. Quando percebemos que ele tinha fugido demos o alerta as delegacias do interior e em ação conjunta conseguimos prendê-lo”, destacou o delegado Juan Valério.

A filha da vítima, Carla dos Santos, 30, compareceu à apresentação de Wilson à imprensa. Ela disse que o autor conhecia a mãe dela, uma vez que a mulher trabalhava vendendo lanche na rua e era conhecida de todos no bairro. “Ele falava com ela e não teve a consideração de poupar a vida dela. Ele sabia que ela tinha um filho especial e que ele dependia dela para tudo e mesmo assim fez essa maldade com minha mãe. Ela não merecia isso. Ficou tão machucada que o caixão teve que ficar fechado no velório”, lamentou a filha da vítima.

Este não foi o primeiro crime pelo qual Wilson é investigado. No dia 16 de julho deste ano, ele já tinha feito outra vítima de estupro com as mesmas características, porém, apesar de ter agredido fisicamente a outra vítima e ter deixado-a desacordada, a mesma sobreviveu e procurou o 29º Distrito Integrado de Polícia (DIP).

“Começamos a investigar e ao mostrarmos a foto dele para esta vítima ela o apontou como autor”, disse a delegada Kelene Passos, titular do 29º DIP que também compareceu à sede da DEHS durante a apresentação de Wilson. Ele foi indiciado por homicídio qualificado.


Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.