Publicidade
Manaus Hoje
fuga

Seap descobre novo túnel no Complexo Penitenciário Anísio Jobim, na BR-174

As informações foram repassadas pelo secretário da Secretaria de Estado de Administração Penitenciária (SEAP) Pedro Florêncio, que confirmou a existencia de um novo túnel na unidade - descoberto quando foi encontrado bastante barro no teto e escadas em um dos pavilhões do presídio 20/06/2016 às 20:27 - Atualizado em 20/06/2016 às 23:09
Show compaj
Foto: Arquivo AC
Kamyla Gomes Manaus (AM)

Durante uma revista realizada na tarde desta segunda-feira (20) no Complexo Penitenciário Anísio Jobim (COMPAJ), localizado na rodovia federal BR-174, foi encontrado bastante barro no teto, escadas e serrotes em um dos pavilhões da unidade.

As informações foram repassadas pelo secretário da Secretaria de Estado de Administração Penitenciária (SEAP) Pedro Florêncio, que confirmou a existencia de um novo túnel, de 15 metros de comprimento, encontrado na cela 8, ala 1 do pavilhão 3.

De acordo com o secretário, ainda não é possível saber se houve fuga. A contagem dos presos da unidade prisional estava sendo realizada, ainda sem hora para acabar.

A ação é realizada pelas equipes da Coordenação do Sistema Penitenciário (Cosipe), Departamento de Inteligência Penitenciária (Dipen), Servidores do Compaj e demais unidades prisionais, Umanizzare Gestão Prisional Privada, e contou com o apoio de 40 policiais militares do Comando de Policiamento Especializado (CPE).

"Não dá para saber se houve fuga nem qual a dimensão do túnel", informou, acrescentando que nesta terça-feira (21) será realizado uma coletiva de imprensa na unidade, às 9h, para esclarecer os detalhes.

Ainda segundo informações de Florêncio, tudo foi descoberto após resistência dos presos mantidos no local. As circunstâncias de como o material foi parar lá também serão apuradas.

Florencio ressalta que esse é o sexto túnel encontrado este ano por equipes da Seap, antes de serem utilizados para fuga por parte dos presos do sistema prisional da capital.

“Esse é o resultado de um trabalho preventivo de fiscalização e acompanhamento das nossas equipes na rotina das unidades. Acreditamos que esse túnel seria usado ainda nesta noite (20), e com a descoberta a Seap conseguiu frustrar os planos de uma parcela da população carcerária da unidade”, disse Pedro Florencio.

Publicidade
Publicidade