Publicidade
Manaus Hoje
BUSCAS

Seguem as buscas pelos 39 detentos foragidos do Centro de Detenção Provisório de Manaus

Em nota, a Seap informou que as informações que possam contribuir efetivamente com o trabalho de investigação para localização dos detentos foragidos estão sendo repassadas pela Seap ao Sistema de Segurança Pública 03/05/2016 às 11:20 - Atualizado em 05/05/2016 às 19:22
Show show 1078284
Trinta e nove detentos, sendo 7 deles considerados de alta periculosidade, conseguiram fugir do Centro de Detenção Provisória Masculino (Divulgação)
ACRITICA.COM Manaus (AM)

Os trinta e nove detentos - sendo 7 de alta periculosidade -, que fugiram do Centro de Detenção Provisória Masculino (CDPM), no Km 8 da rodovia BR-174, em Manaus através de um túnel de 11 metros, seguem foragidos. De acordo com informações da Secretaria de Estado de Administração Penitenciária (Seap) as buscas stão sendo conduzidas pela Secretaria de Segurança Pública do Amazonas (SSP-AM), Polícias Civil e Militar, com o apoio do Departamento de Inteligência Penitenciária (Dipen) da Seap.

Em nota, a Seap informou que as informações que possam contribuir efetivamente com o trabalho de investigação para localização dos detentos foragidos estão sendo repassadas pela Seap ao Sistema de Segurança Pública. Até o momento nenhum foragido foi recapturado.

Em tempo

O titular da pasta, Pedro Florêncio, culpou a empresa responsável do serviço – a Umanizzare Gestão Prisional – pela fuga em massa. Segundo ele, a última revista feita pela empresa na penitenciária ocorreu na quarta-feira (27), há cinco dias, tempo suficiente para o grupo cavar um túnel. Eles usaram pedaços de ferro, uma palheta de ventilador, baldes e outros objetos para cavar o buraco.

O secretário Pedro Florêncio ressaltou que esse é o sexto túnel encontrado em unidades prisionais do Amazonas neste ano, sendo os cinco primeiros descobertos antes de serem utilizados para fuga. No CDPM este é o primeiro túnel registrado.

“Vale ressaltar que trabalhamos e conseguimos evitar outras fugas anteriormente. Já estamos repassando as informações de todos os fugitivos para o Sistema de Segurança Pública”.

Publicidade
Publicidade