Publicidade
Manaus Hoje
Operação “Mauá”

Sucessor de ‘João Branco’ no comando do tráfico do bairro Mauazinho é preso

Melkzedeque Monteiro de Oliveira, o “Melk”, 30, assumiu o lugar de “João Branco” no bairro. Ele recebia ordens diretas de João Branco. Os “soldados” do traficante também foram presos durante a operação “Mauá” 12/07/2016 às 13:03 - Atualizado em 12/07/2016 às 13:09
Show melk
Segundo o delegado da Seai, Mário Paulo Teles, Melk é sucessor do narcotraficante João Pinto Carioca / Fotos: Fábio Oliveira
Fábio Oliveira Manaus (AM)

Durante a operação “Mauá”, deflagrada na manhã desta terça-feira (12), sob o comando da Secretaria Executiva Adjunta de Operações (Seai), Melkzedeque Monteiro de Oliveira, o “Melk”, 30, foi preso. Ele é o comandante do tráfico de drogas do bairro Mauazinho, na Zona Leste de Manaus.

Segundo o delegado da Seai, Mário Paulo Teles, Melk é sucessor do narcotraficante João Pinto Carioca, o “João Branco”, e assumiu o lugar do chefão no bairro.

João Branco foi criado no bairro e cresceu no tráfico no Mauazinho, chegando a ser uma das lideranças da facção criminosa Família do Norte (FDN). Melk recebia ordens diretas de João Branco, mesmo preso na Penitenciaria Federal de Catanduvas, no estado do Paraná.


Os "soldados" do traficante também foram presos durante a operação

Além de Melk foram presos também seus soldados Wellington Pinto da Silva, o “Testa”, 27, Madson Luiz Ferreira Costa, o “Arigó”, 20, Lucas Alexandre de Souza Mendes, vulgo “Cabeça”, 20, a esposa de Melk, Leilane de Souza dos Santos, a “Leili”, 29, e Francilon Andrade, 22, e Wilisses da Silva, 28.

Publicidade
Publicidade