Publicidade
Manaus Hoje
NO ALVORADA

Suspeitas de assassinar vendedora na Zona Centro-Oeste de Manaus são presas

Carla Margot Pereira Ventemillas, Rosemeire Pereira dos Santos e Elem de Lima Souza são suspeitas de matar Valdecira Alves Batista, que morreu ao levar várias facadas dentro da própria casa, no bairro Alkvorada 16/01/2017 às 20:15 - Atualizado em 17/01/2017 às 14:17
Show mulheres03333
Foto: Antonio Lima
Oswaldo Neto Manaus

Três mulheres identificadas como Carla Margot Pereira Ventemillas, 30, Rosemeire Pereira dos Santos, 36, e Elem de Lima Souza, 36, foram presas nesta segunda-feira (17) pelo Regimento de Polícia Montada (RPmon). Elas são suspeitas de envolvimento no assassinato da vendedora de cosméticos da Natura Valdecira Alves Batista, 52, morta a facadas dentro da própria casa. O corpo da vítima foi encontrado durante a tarde na casa onde morava, localizada na rua 5, bairro Alvorada, Zona Centro-Oeste de Manaus.

De acordo com a polícia, o crime ocorreu por volta das 14h, porém, o corpo só foi achado às 16h pelo marido dela. A mulher foi encontrada jogada ao lado da cama. Moradores dá área contam que as suspeitas teriam entrado na residência e iriam ser atendidas pela vendedora. A dupla teria tentado roubar as mercadorias da vítima, que reagiu ao assalto e foi atingida várias vezes. 

"Eu só vi o marido dela saindo gritando dizendo que a mulher dele estava morta. Foi horrível. É uma brutalidade com uma mulher muito trabalhadora", disse uma moradora, que não quis se identificar.

As suspeitas foram presas pela polícia ainda durante a tarde. Duas delas, Carla e Rosemeire, teriam participado diretamente do assassinato desferindo os golpes. A terceira suspeita, Elem Souza, recebeu os produtos roubados. Com elas ainda foram encontrados R$ 70.

As suspeitas foram levadas ao 10º Distrito Integrado de Polícia (DIP). Duas delas vão responder pelo crime de homicídio e uma por receptação. Elas serão encaminhadas ao Centro de Detenção Provisória Feminino.

O corpo de Valdecira foi removido pelo Instituto Médico Legal (IML).

Publicidade
Publicidade