Terça-feira, 18 de Fevereiro de 2020
ESQUEMA

Suspeito de desviar R$ 100 mil em matéria-prima de empresa é preso em Manaus

Paulo Santarém Maia, 43, é apontado com um dos envolvidos em um esquema que desviava materiais de uma empresa multinacional do Polo Industrial de Manaus. Ele foi preso no bairro Armando Mendes



672a318d-891b-4a11-9d5f-b83b528268c6_BD94C0C4-86DA-4140-AA9C-DB76E224D436.jpg Foto: Divulgação
26/12/2019 às 20:54

Um homem identificado como Paulo Santarém Maia, de 43 anos, foi preso na manhã desta quinta-feira (26), apontado como um dos envolvidos em um esquema que desviou R$100 mil em matéria-prima de uma empresa multinacional do Polo Industrial de Manaus (PIM). A ordem de prisão foi cumprida pela polícia no bairro Armando Mendes, Zona Leste de Manaus.

De acordo com o delegado Aldeney Goes, titular da Delegacia Especializada em Roubos, Furtos e Defraudações (Derfd), além do mandado em nome do suspeito, outros dois também foram cumpridos em nome de Fabiano Nascimento de Moraes, de 36 anos - que exercia a função de chefe de almoxarifado da empresa vítima - e de Janaína Alves Rodrigues, 26, que era a assistente administrativa, apontada na investigação como quem repassava o material furtado para outras empresas.



"A equipe iniciou os procedimentos e constatou a identidade de todos os envolvidos no ato criminoso", explicou o delegado.

As prisões dos outros dois suspeitos, segundo Aldeney, ocorreram na última sexta-feira (20), após o início das diligências.

“Paulinho”, como é conhecido, é dono de uma empresa de sucatas localizada no mesmo bairro. O material do furto foi encontrado no local. O mandado estava em aberto desde o dia 19 deste mês, expedido pela juíza Careen Aguiar.

O suspeito foi encaminhado à sede da DERFD, onde foi autuado por furto qualificado, receptação e associação criminosa; o mesmo será encaminhado para audiência de custódia.


Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.