Quarta-feira, 20 de Novembro de 2019
CRIMES

Suspeito de estelionato se passava por chef, enfermeiro e seminarista, diz polícia

Segundo a polícia, Jorge Átila Toscano da Silva, de 42 anos, fez vítimas em Manaus, no interior do Estado do Amazonas e no estado de Roraima. 



WhatsApp_Image_2019-07-25_at_17.56.03_4A8E9506-8A41-4699-99BF-DDBC93BB74C6.jpeg (Foto: Sandro Pereira)
25/07/2019 às 18:19

Policiais civis do 19º e 20º Distritos Integrados de Polícia (Dip) prenderam na manhã dessa quarta-feira (24) Jorge Átila Toscano da Silva, de 42 anos. Ele é suspeito de ser estelionatário e ter aplicado golpes em vários municípios do Amazonas. Ele se passava por cozinheiro, 

Segundo o delegado Aldeney Goes, do 19º DIP, Jorge fez vítimas em Manaus, no interior do Estado do Amazonas e no estado de Roraima. 



O delegado explicou que as investigações começaram quando uma das vítima procurou a delegacia para denunciar o estelionato. Quando pesquisaram o nome do suspeito, verificaram que ele tinha várias passagens pela polícia por estelionato, sendo uma delas no 20º DIP.

“Ele não praticava estelionato de forma bruta. Sempre se aproximava da vítima e ganhava a confiança dela. Depois que ele conseguia estabelecer uma amizade, aplicava o golpe. Para conseguir a empatia das pessoas, sempre criava personagens. Ele se passava por enfermeiro, chef de cozinha e, para algumas pessoas, chegou a dizer que tinha sido seminarista e que havia estudado para ser padre”, informou o delegado.

O delegado informou que ele se aproximava das vítimas, principalmente mulheres, e observava a necessidade de cada uma delas. Ao detectar o que a pessoa precisa, se dizia especialista e se colocava a dispor para ajudar. 

Quando ganhava a confiança, ele dizia que conseguiria produtos por preços mais baixos. Oferecia o produto e pedia o pagamento adiantado. Após receber parte do dinheiro, como entrada, o infrator desaparecia.

"Jorge Átila fez, pelo menos, 13 vítimas na capital, de acordo com consulta ao Sistema Integrado de Segurança Pública do Amazonas (Sisp-AM)”, disse o delegado. 

Dois mandados de prisào foram expedidos, um na comarca de Tapauá e outro em Manaus. Na manhã de quarta-feira (24), por volta das 7h, na rua 19 de Novembro, comunidade Parque São Pedro, bairro Tarumã, zona Oeste de Manaus, ele foi preso.

Jorge foi indiciado por estelionato e será encaminhado ao Centro de Detenção Provisória Masculino (CDPM), localizado no quilômetro oito da rodovia BR-174, onde irá ficar à disposição da Justiça.

News mark 33e2e16a 10de 400f 92c3 ec9d554e6edf
Repórter de A CRÍTICA

Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.