Quarta-feira, 22 de Janeiro de 2020
AOS PRANTOS

Suspeito de latrocínio de sargento da PM é preso e desmaia em delegacia

Quatro suspeitos de envolvimento no crime contra o sargento Ronaldo Ferreira, morto na feira do Japiim na última quinta (19), foram apresentados nesta segunda. Polícia procura outros seis comparsas



WhatsApp_Image_2019-12-23_at_12.30.36_E44B079E-493A-47B2-A46A-EAFB3C5BB6C6.jpeg Foto: Winnetou Almeida
23/12/2019 às 13:07

Alessandro Peres da Silva, Charles da Silva Farias, Dennis Neves dos Santos e Dane Márcio Gonçalves da Gama foram presos no sábado (21) pelo envolvimento no latrocínio do sargento da reserva da Polícia Militar do Amazonas (PMAM) Ronaldo Ferreira Correa Brito, 61, ocorrido na manhã da quinta-feira (19), por volta das 11h20, na feira do bairro Japiim, zona Sul de Manaus. Dennis, ao ser mostrado para a imprensa, não conteve as lagrimas e chorou. Apos alguns segundos, desmaiou e foi socorrido pelos policiais. 

A polícia identificou que 10 pessoas participaram do crime e conseguiu prender 4. Mais 4 suspeitos estão com mandado de prisão em aberto e são procurados pela polícia. São eles: Cristiano Silva dos Santos, Neury Costa de Alencar, Wagner Nascimento de Oliveira Júnior e Fernando Nalberto da Incarnação.

Um suspeito não foi informado pois não foi comprovado seu envolvimento e o suspeito connhecido como "Velho". que tem o nome de Luciano ou Berg, também está sendo procurado. 



O delegado Aldeney Goes, titular da Delegacia Especializada de Roubos, Furtos e Defraudações (DERFD), contou que o crime foi premeditado. "O grupo se reuniu para planejar o latrocínio na casa de Alessandro; Dane cedeu a motocicleta Honda, de cor vermelha, de placas OAK-3654 para o crime; Dennis, motorista de aplicativo, levou os suspeitos até o local em seu carro, um gol da cor branca de placas PHN-9C54; Charles e Cristiano ficavam na contenção dentro do gol, armados, para intervir, caso algo desse errado na feira; Fernando estava pilotando a motocicleta; Neury e Wagner foram a feira cometer o latrocínio. O Delegado contou que as câmeras não registraram quem matou o Sargento, mas os dois estavam armados e cometeram o latrocínio", disse o delegado.

Eles roubaram 8 mil e 600 reais de um açougue que fica ao lado de onde o Sargento foi morto, e fugiram. Câmeras de segurança registraram a fuga. Fernando pilotava a moto, Wagner estava no meio e Neury atrás. Após o roubo, todos voltaram a casa de Alessandro e dividiram o dinheiro do roubo.

O delegado contou que a polícia esteve investigando o caso e conseguiu identificar os 10 suspeitos. Com a identificação da placa da moto, foi até a residencia de Dane e efetuou sua prisão. No mesmo dia chegou a mais 3 suspeitos e pediu a prisão preventiva do restante.

Os 4 suspeitos presos foram apresentados na manhã desta segunda-feira na Derf, no bairro Alvorada, Zona Centro-Oeste. Na apresentação Alessandro contou que só fornecia o Wi-Fi de casa para os envolvidos.

Ainda na tarde desta segunda-feira, os 4 suspeitos vão a audiência de custódia no Fórum Henoch Reis, na Zona Centro-Sul de Manaus e vão ficar a disposição da justiça. A policia pede que quem tenha informações sobre os outros suspeitos ligue para os números 181 ou 190.

News mark 33e2e16a 10de 400f 92c3 ec9d554e6edf
Repórter de A CRÍTICA

Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.