Publicidade
Manaus Hoje
Matou porque foi xingado

Suspeito de matar assessor parlamentar é preso no bairro Educandos

Alexandre Souza dos Santos, 20, confessou em depoimento ter matado o assessor parlamentar Rildo Agress Soares, 41, no último dia 3 de julho, no município de Iranduba. Em depoimento, Alexandre disse que matou porque foi xingado pela vítima 12/07/2016 às 11:52
Show criminoso
Alexandre Souza dos Santos, 20, foi preso na casa da mãe, no bairro Educandos / Foto: Fábio Oliveira
Fábio Oliveira Manaus (AM)

Alexandre Souza dos Santos, o “Mascote”, 20, foi preso pela Polícia Civil de Iranduba pelo homicídio do assessor parlamentar Rildo Agress Soares, de 41 anos. O crime ocorreu no dia 3 de julho deste ano, na comunidade Janauari, mesmo município.

Segundo o delegado Ricardo Homero, titular do 31° Distrito Integrado de Polícia (DIP), Mascote foi preso na casa da mãe, na rua Ana Nogueira, Educandos, Zona Sul, em cumprimento a mandado de prisão temporária. O suspeito confessou o crime e disse que matou porque foi xingado pela vítima.

Ainda de acordo com o delegado, Alexandre foi autuado por homicídio qualificado e será encaminhado para cadeia pública Desembargador Raimundo Vidal Pessoa, no Centro de Manaus. Ele não tinha passagem pela polícia.

Publicidade
Publicidade