Publicidade
Manaus Hoje
Crime bárbaro

Suspeito de estuprar e matar menina de sete anos é preso no bairro Riacho Doce

O corpo de Jhuliany Souza da Silva, de 7 anos, foi encontrado enterrado na madrugada desta segunda-feira (13), no quintal da casa de Francinaldo Marialvo Pereira, 26, no bairro Novo Aleixo 13/06/2016 às 14:55 - Atualizado em 13/06/2016 às 14:57
Show suspeito
Francinaldo Marialvo Pereira, 26, era vizinho de Jhuliany Souza da Silva, de 7 anos de idade / Foto: Divulgação
Fabio Oliveira Manaus (AM)

Francinaldo Marialva Pereira, 26, suspeito de ter matado e estuprado a estudante Jhuliany Souza da Silva, de 7 anos de idade, foi preso no início da tarde desta segunda-feira (13), no bairro Riacho Doce, na Zona Norte de Manaus. A informação foi confirmada pelo delegado Ivo Martins, titular da Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS).

Ainda segundo o delegado, Francinaldo confessou que enterrou a criança, mas disse que não praticou nenhum tipo de violência sexual.

“Ele confessou também que ajudou a família nas buscas para conseguir ganhar tempo, mas ainda estamos no início da investigação”, acrescentou.

O corpo de Jhuliany foi encontrado enterrado na madrugada de hoje, no quintal da casa de Francinaldo, na rua 12, no Amazonino Mendes, bairro Novo Aleixo, na Zona Leste de Manaus. O rapaz era vizinho da vítima.

Jhuliany estava desaparecida desde a última sexta-feira (11), quando sumiu de frente da sua casa. O corpo foi encontrado por volta das 3h de hoje.

Segundo a mãe da criança, Lucenilda Souza, 38, Francinaldo chegou a ajudar nas buscas e ainda participou do encontro de oração que teve em sua casa no último domingo (12).

Publicidade
Publicidade