Publicidade
Manaus Hoje
JUSTIÇA

Homem que matou funcionária de pizzaria em Manaus tem prisão preventiva decretada

Crime foi filmado por câmeras de segurança do estabelecimento, que fica na Compensa. Prisão em flagrante foi convertida para preventiva e ele seguiu para presídio da capital 21/09/2018 às 18:47 - Atualizado em 22/09/2018 às 13:32
Show whatsapp image 2018 09 20 at 13.02.28 61d23b40 7915 42d2 9f6d c85eb14d8788
(Foto: Jander Robson)
Izabel Santos Manaus

Elinaldo Alves dos Santos, de 29 anos, teve a prisão em flagrante homologada e convertida em prisão preventiva na tarde de sexta-feira (21), durante audiência de custódia no Fórum Henoch Reis.  Ele é suspeito de matar  a facadas a estudante Rafaela de Oliveira Costa, de 20 anos, dentro da cozinha de uma pizzaria no bairro da Compensa, na Zona Oeste de Manaus.  Ele foi preso um dia após o crime, que foi  filmado por câmeras do circuito interno do local. 

De acordo com informações do Tribunal de Justiça do Amazonas ( TJ-AM), após a audiência,  ele  foi encaminhado para a unidade prisional onde deve aguardar o julgamento do processo.  O suspeito foi  autuado em flagrante por homicídio qualificado e segundo informações da polícia, ele  já tinha sido incriminado por roubo e teria saído recentemente da cadeia para cumprir pena em regime semiaberto.

No dia do crime, Elinaldo   teria tentado estuprar a vítima que reagiu. A jovem trabalhava na pizzaria junto com o suspeito e ao chegar ao estabelecimento encontrou o suspeito, que com as reações adversas da jovem, a enforcou e depois, com ela caída no chão, a esfaqueou. 

O corpo de Rafaela foi encontrado por um outro funcionário do estabelecimento, quando o mesmo chegou ao local. Ela ainda chegou a ser socorrida e levada para o Serviço de Pronto Atendimento (SPA) Joventina Dias, na Compensa, mas não resistiu aos ferimentos e morreu.

Publicidade
Publicidade