Publicidade
Manaus Hoje
REVOLTA

Suspeito de tentar incendiar ônibus afirma que é funcionário do Sinetram

Homem foi detido após tentar atear fogo em ônibus da linha 450 na noite de quinta-feira (23). Segundo a polícia, suspeito disse em depoimento que é funcionário do órgão e estava revoltado com aumento da tarifa 24/02/2017 às 11:44
Show funcionario
Homem foi identificado como Wilson Soares da Silva (Foto: Divulgação)
Alik Menezes Manaus (AM)

Suspeito de tentar incendiar um ônibus da linha 450, da empresa São Pedro, na noite de quinta-feira (23), Wilson Soares da Silva, disse à polícia que é funcionário do Sindicato das Empresas de Transportes de Passageiros do Estado do Amazonas (Sinetram). Ele foi detido e pode ser liberado na tarde desta sexta-feira (24).

Segundo o delegado do 10° Distrito Integrado de Polícia (DIP), Danilo Bacarin Silva, o homem sustentou durante todo o interrogatório que tentou incendiar o coletivo porque estava revoltado com o aumento da tarifa, que passou de R$ 3,30 para R$ 3,80.

"Ele disse que o motivo era o aumento da passagem", disse o delegado, que tentou informou que o caso foi encaminhado para o 17° DIP.

O delegado contou também que Wilson disse ser funcionário do Sinetram, mas que a informação ainda não foi confirmada. Para o delegado, não há indícios de que a tentativa de incêndio tenha ligação com o outro incêndio de coletivo ocorrido no bairro Galiléia, na Zona Norte, na noite de ontem, quando dois homens em uma moto incendiaram um ônibus da linha 500, da empresa Eucatur.

O delegado disse, também, que Wilson deve ser liberado ainda hoje após Audiência de Custódia.

A reportagem aguarda um posicionamento do Sinetram a respeito do caso.

Publicidade
Publicidade