Publicidade
Manaus Hoje
SANTA ETELVINA

Suspeitos de assalto a ônibus são mortos a tiros por 'justiceiro misterioso'

Com um dos assaltantes foram encontrados celulares e pertences pessoais de vítimas roubadas. Assalto foi registrado no 15º DIP e homicídio será investigado pela DEHS 05/09/2017 às 11:30
Show corpo
Crime ocorreu no bairro Santa Etelvina, Zona Norte de Manaus (Foto: Dani Brito)
Dani Brito Manaus (AM)

Dois assaltantes que supostamente praticaram assalto a um ônibus coletivo da linha 560, na avenida Torquato Tapajos, bairro Santa Etevina, na Zona Norte de Manaus, acabaram sendo mortos a tiros por um "justiceiro misterioso" durante a noite desta segunda-feira (4). Os infratores foram identificados como João Carlos Ferro de Souza, 18, e Alan Aves de Souza. Uma terceira pessoa que também estava envolvida no crime conseguiu fugir do local.

Segundo familiares de João, o rapaz tinha saído de casa sem dizer aonde iria. Somente quando uma pessoa foi até a casa dele avisar sobre a morte é que os familiares souberam que o mesmo estava envolvido com o crime.

"Ele era um bom rapaz e tinha tudo aqui em casa. Entrou nessa vida por má influencia de amigos", disse o tio da vítima, de 35 anos, que preferiu não se identificar.

Já na casa de Alan, a esposa do pai da vítima disse que o rapaz já tinha sido preso por tráfico de drogas e que cometia assaltos pela cidade. "O meu esposa dava conselhos para ele parar de fazer assaltos, mas ele nunca o ouvia", disse a mulher, identificada como Isaneide Ribeiro, 22. O corpo dele foi achado na rua Arquiteto José Henrique, no bairro Santa Etelvina. 

Uma terceira pessoa que estava com os dois rapazes na hora do roubo conseguiu fugir, sem ser identificado. Junto ao corpo de Alan foram encontrados celulares e pertences pessoais das vítimas.

O roubo foi registrado no 15º Distrito Integrado de Polícia (DIP), já o homicídio será investigado na Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS).

Publicidade
Publicidade