Publicidade
Manaus Hoje
POLÍCIA

Taxista é morto por agressão e tem corpo esmagado por carro em Manaus

A vítima foi agredida até a morte pelos criminosos que ainda atropelaram o taxista usando o próprio carro dele. Caso será investigado pela DEHS 02/12/2017 às 12:02 - Atualizado em 02/12/2017 às 12:16
Show 44
Foto: Divulgação
Joana Queiroz Manaus (AM)

O taxista Marco Antônio Lins Pereira, de 56 anos, foi morto na noite de sexta-feira (2), em Manaus, após ser agredido e ter o corpo esmagado pelo próprio carro conduzido pelos assassinos na rua B do conjunto Campos Sales, bairro Tarumã, na Zona Oeste de Manaus da capital.

Conforme informações colhidas na Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS), inicialmente acreditava-se que o caso se tratava de um acidente de trânsito, o que foi descartado depois que o táxi dele, de placas PHC-2300, foi encontrado no final da rua sujo de sangue.

Segundo testemunhas, três homens agrediram a vítima até a morte e ainda passaram por cima do corpo utilizando o próprio veículo do taxista. Segundo a perícia, Marco Antônio foi a óbito por agressão física. A Polícia Civil não confirmou se algum objeto da vítima foi roubado.

Na manhã deste sábado (2), a mãe do taxista, que não teve o nome divulgado, recebeu informações que o filho havia morrido de acidente de trânsito. Segundo familiares, ele não visitava a mãe há pelo menos um ano. O caso será investigado pela DEHS.

Publicidade
Publicidade