Publicidade
Manaus Hoje
Nova Cidade

Taxista grávida é presa por envolvimento em roubo a residência no bairro Nova Cidade

Segundo a polícia, Dahyse Raiane, 23, era amiga próxima das vítimas e teria repassado dados sobre a renda financeira deles para dois assaltantes 27/09/2016 às 19:30
Show show images cms image 000517919
A dupla roubou veículo, R$ 7,4 mil, televisor, aparelho de DVD, celular e documentos (Divulgação)
acritica.com

A Polícia Civil do Amazonas prendeu em flagrante na tarde de ontem, segunda-feira (26), a taxista Dahyse Raiane Silva Ribeiro, 23, grávida de 26 semanas, envolvida em roubo ocorrido naquele mesmo dia, no bairro Nova Cidade, na Zona Norte da capital. A prisão foi realizada por policiais da Delegacia Especializada em Roubos e Furtos de Veículos (Derfv).

De acordo com o delegado Péricles Nascimento, titular da Derfv, Dahyse teria planejado um roubo executado por dois homens horas antes, naquela área da capital. Ela presa em via pública quando caminhava pela avenida Margarida, no Nova Cidade. Ainda segundo o delegado, Dahyse seria amiga próxima de uma família dona de uma drogaria, que foi o alvo dos infratores.

“Na manhã de ontem, por volta das 9h, dois homens, ainda não identificados, invadiram a casa das vítimas. No local, um casal e o filho de seis anos foram rendidos pelos infratores, que estavam em posse de arma de fogo. Eles exigiram dinheiro das vítimas e as ameaçaram de morte”, disse Nascimento.

Conforme o delegado Péricles Nascimento, a dupla deixou o imóvel levando o carro da família, modelo Palio, de cor prata. Os infratores roubaram, ainda, R$ 7,4 mil em espécie, um televisor, um aparelho de DVD, um celular e documentos pessoais das vítimas.

“Recebemos uma denúncia anônima delatando a ação criminosa. Dahyse, por ser próxima da família, tinha acesso às informações sobre a renda financeira das vítimas. Após o crime, ela teria recebido R$ 1,2 mil pelas informações repassadas. A equipe da Derfv irá dar continuidade às investigações em torno do caso para prender os demais envolvidos no delito”, declarou Péricles.

Dahyse foi autuada em flagrante por roubo majorado e associação criminosa. Ao término dos procedimentos legais na especializada a infratora será conduzida ao Centro de Detenção Provisória Feminino (CDPF), onde irá permanecer à disposição da Justiça.

*Com informações da assessoria de imprensa

Publicidade
Publicidade