Publicidade
Manaus Hoje
EM TABATINGA

Traficante de drogas 'Morucho' é preso no interior do Amazonas

Segundo as investigações, Rubel Gualtero Sepulveda era o dono da lancha, drogas e armas que foram apreendidas no Coari, em dezembro, no período em que o delegado Thyago Garcez desapareceu 14/02/2017 às 15:58
Show kelly01111
Rubel Gualtero Sepulveda foi preso por policiais militares e civis no município de Tabatinga. Foto: Divulgação
Kelly Melo Manaus

O traficante Rubel Gualtero Sepulveda, 31, conhecido como “Morucho”, foi preso por policiais militares e civis no município de Tabatinga (a 1.105 quilômetros de Manaus) na manhã desta terça-feira (14). Segundo as investigações, o traficante era o dono da lancha, drogas e armas que foram apreendidas no Coari, em dezembro. Durante essa apreensão, o delegado Thyago Garcez desapareceu no rio Solimões. O corpo dele ainda não foi encontrado.

A prisão de Morucho foi decretada pela justiça de Coari, onde as investigações aconteceram. A polícia chegou ao nome dele através do depoimento do piloto da lancha,  Teodoro Hilário de Lima, que foi preso na época transportando aproximadamente  920kg de maconha e cocaína, além de um fuzil AK 47, e duas pistolas 9mm.

Morucho é considerado líder de uma facção criminosa que transporta drogas do Colômbia para o Brasil. Ele foi preso na avenida da Amizade, a 100 metros da fronteira entre os dois países. Ele também era o chefe dos dois colombianos que foram mortos durante um confronto com  a polícia, cinco dias depois do desaparecimento do delegado Thyago Garcez.

De acordo com o delegado de Coari, Mauro Duarte, que comandou as investigações, com a prisão de Morucho, o inquérito que apurou o tráfico de drogas foi finalizado. No entanto, as investigações que apuram o desaparecimento do delegado ainda não foram concluídas. “Estamos aguardando o resultado de alguns lados. Mas ainda não sabemos como o delegado morreu”, explicou ele, já que o corpo de Garcez nunca foi localizado.

Publicidade
Publicidade