Segunda-feira, 16 de Dezembro de 2019
APÓS DENÚNCIA

Trio é preso em flagrante ao vender drogas no bairro Cidade Nova

Ação teve início após casal ser denúncia por vender entorpecentes em uma praça de alimentação do bairro. Dupla entregou fornecedor das drogas, que foi preso em seguida, na madrugada deste sábado (23)



WhatsApp_Image_2019-11-23_at_11.18.34_9E401A47-EF21-4B8A-8355-1C97DB3CBFC7.jpeg Foto: Divulgação/Polícia Militar
23/11/2019 às 11:34

Evylen Duda de Souza, 35, Jedean Fernandes de Sant'anna, 30, e Regis Samarony Sales, 27, foram presos ppr tráfico de drogas na madrugada deste sábado (23) no bairro Cidade Nova, Zona Norte de Manaus.

De acordo com relato do delegado do 6° Distrito Integrado de Polícia (6º DIP), Marcelo Augusto Pilar, uma viatura do 2° Batalhão de Choque da Ronda Ostensiva Cândido Mariano (Rocam) recebeu uma denúncia anônima, via Whatsapp, informando que suspeitos estavam vendendo drogas na praça de alimentação do bairro, localizada na avenida Atroaris. 



A mensagem descrevia um homem trajando camisa vermelha e bermuda jeans e uma mulher com camisa rosa e tatuagem na perna. Ao se deslocarem até o local, os policiais identificaram um casal com as características citadas. Durante a revista, os policiais encontraram cinco trouxinhas de substância supostamente maconha e quantia em dinheiro no valor de R$ 36 em posse de Jedean. Evelyn portava 30 trouxas de supostamente oxi e R$ 20 em dinheiro.

O casal acabou confessando envolvimento com o tráfico de entorpecentes e afirmou que as substâncias seriam vendidas a Regis, que estava perto do local. Ele tentou fugir em uma motocicleta, mas acabou caindo do veículo e foi capturado pela guarnição. Com Regis, a polícia encontrou um revólver calibre 32 com três munições e dois pinos de uma substância, supostamente cocaína. 

Regis assumiu que armazenava a droga e conduziu os policiais até a residência dele, no conjunto Viver Melhor, bairro Lagoa Azul. Ali, foram encontradas duas porções de substância aparentemente ilícita em sacos plásticos e um revólver com numeração 568435.

Regis já havia sido preso por tráfico de drogas, mas alegou que foi absolvido pelo crime. Evylen e Jedean responderão também por associação ao tráfico de drogas. Regis foi enquadrado por posse ou porte irregular de arma de fogo de uso restrito. O trio permanecem no 6° DIP, na zona Norte, e será levado para audiência de custódia ainda neste sábado.

News d amorim 845c88c9 db97 48fa b585 f1c0cb967022
Repórter de Cidades
Formado em Comunicação Social/Jornalismo pela Universidade Federal do Amazonas (Ufam). Além de A Crítica, já atuou em uma variedade de assessorias de imprensa e jornais, com ênfase na cobertura de Cidades e Cultura.

Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.