Publicidade
Manaus Hoje
QUADRILHA

Trio que roubava carros e casas é preso após assaltar escrivã da Polícia Civil

Com eles a polícia recuperou quatro veículos, sendo três clonados e prontos para serem revendidos. Um dos presos, conhecido como “Bad Boy”, é considerado de alta periculosidade e responde a processo por latrocínio 16/02/2019 às 11:40
Show quadrilha 7aec2f67 8672 406a a262 db7dddbf73ae
Foto: Jander Robson
Joana Queiroz Manaus (AM)

Gilvandro Barreto Gama, 30, Moisés Antônio Santos Neto, 26, e Rawlison Oliveira Pampolha, o “Bad Boy”, 26, foram presos por policiais da Delegacia Especializada em Roubos e Furtos de Veículos (Derfv), acusados de pertencerem a uma quadrilha de ladrões que roubam residências e veículos em Manaus. Com eles a polícia recuperou quatro veículos, sendo três deles totalmente clonados e prontos para serem revendidos.

Bad Boy é considerado um criminoso de alta periculosidade que responde vários processos na Justiça e um deles por latrocínio, que é o roubo seguido de morte.

De acordo com o titular da Derfv, delegado Cícero Túlio, a prisão dos criminosos ocorreu em uma casa na rua 3, conjunto Amazonino Mendes, no bairro Novo Aleixo, Zona Leste. A polícia chegou aos suspeitos depois que eles e mais duas mulheres assaltaram a casa de uma escrivã da Polícia Civil, no bairro Parque Dez de Novembro, Zona Centro-Sul.

O roubo da residência, sob responsabilidade de um corretor de imóveis, aconteceu na última quarta-feira (13). O bando ficou sabendo do negócio por meio de um aplicativo de vendas, entrou em contato com o corretor e marcaram um encontro na casa da policial.

No dia do crime, eles entraram na casa e depois renderam a policial e o corretor e levaram os pertences como joias e eletroeletrônicos, além do carro. De acordo com Cícero Túlio, o bando foi autuado pelos crimes de receptação criminosa e receptação de veículos.

Além dos veículos, os policiais apreenderam com o bando uma pistola calibre 380 que estava com Rawlison e todo material roubado da casa da escrivã. O delegado disse que as investigações continuam para que seja possível prender duas mulheres que fazem parte do bando.

No final da tarde de hoje, o grupo preso será encaminhado para as audiências de custódia.

Publicidade
Publicidade