Publicidade
Manaus Hoje
APÓS DENÚNCIA

Túnel encontrado fora do CDPM seria utilizado para fuga de irmão de João Branco

A Seap informou que o túnel foi encontrado na manhã deste sábado (14), após a comprovação de denúncias. O irmão de João Branco, o 'Manoelzinho' cumpre pena por tráfico de drogas 14/10/2017 às 12:22 - Atualizado em 14/10/2017 às 16:03
Show t nel
Ventiladores foram encontrados dentro do túnel (Foto: Divulgação)
Danilo Alves Manaus (AM)

Um túnel foi encontrado, na manhã deste sábado (14), nos fundos do Centro de Detenção Provisória Masculino (CDPM), após denúncia feita ao Departamento de Inteligência Penitenciária (Dipen) na madrugada. A informação foi confirmada pela equipe da Secretaria de Administração Penitenciária do Estado do Amazonas (Seap).  

Conforme a equipe, o túnel fica atrás do pavilhão cinco e o objetivo era executar a fuga do detento Manoel Ivani Pinto Carioca, ‘Manoelzinho’, irmão de João Pinto Carioca, o ‘João Branco’, um dos líderes da Família do Norte (FDN), que cumpre pena por tráfico de drogas próximo do local, onde o buraco foi encontrado.

Ainda segundo os servidores da Seap, Romário Corvelo Fonseca, o ‘Romarinho’, e Jorge Henrique de Almeida, que estavam no pavilhão com ‘Manoelzinho', também fugiriam por meio do túnel. No entanto, a equipe do Dipen e Seap encontraram a escavação e conseguiram impedir o plano.

A assessoria de comunicação da Seap informou que ainda não há informações oficiais sobre o túnel, como tamanho, autores ou motivação. A secretaria apenas destacou que haverá uma revista no local, na tarde deste sábado (14), para apurar se houve fuga e se o túnel foi confeccionado por detentos ou pessoas que não estavam no CDPM.

Segundo a polícia, os suspeitos de produzirem o túnel fizeram um acampamento perto da unidade de detenção, onde foram encontrados alimentos, garrafas de água, baldes e até ventiladores.

LEIA MAIS: 

Advogados de João Branco e de outros três réus abandonam julgamento do 'caso Oscar'

Grupo que administrava dinheiro de ‘João Branco’ lucrava R$ 660 mil por mês

Preso em fazenda de luxo é apontado pela polícia como chefe do tráfico na Zona Sul

Publicidade
Publicidade