Publicidade
Manaus Hoje
Homicídio

Universitário morre no hospital após ser agredido a facadas por amigo

De acordo com familiares, Marcelo foi ferido com várias facadas, uma delas no pescoço, quando participava de uma festa na casa do amigo identificado pela polícia como Maxwel Araújo. O suspeito fugiu do local 04/04/2016 às 12:48 - Atualizado em 04/04/2016 às 14:09
Show morto
Marcelo Andrews Serudo, 32
Joana Queiroz Manaus (AM)

O universitário Marcelo Andrews Serudo, 32, não resistiu as facadas e agressões físicas que sofreu no domingo (3), por volta das 5h, e morreu na manhã  desta segunda-feira (4) no Pronto Socorro  Dr. João Lúcio, na Zona Leste de Manaus.

De acordo com familiares, Marcelo foi ferido com várias facadas, uma delas no pescoço, quando participava de uma festa na casa do amigo identificado pela polícia como Maxwel Araújo. O suspeito fugiu do local. Marcelo foi levado para o pronto-socorro e morreu hoje pela manhã.  O crime aconteceu no bairro Parque das Nações, na Zona Centro-Sul.

Segundo o pai da vítima, o policial civil Leopoldo Serudo, seu filho bateu em Maxwel e foi pedir desculpas. Ao chegar à cozinha para falar com o anfitrião da festa, ele foi agredido por amigos de Maxwel e esfaqueado diversas vezes por ele.

Ainda conforme o pai da vítima, o filho tinha um bom coração, mas era festeiro. “Ele gostava de beber e eu nem dava mais o carro para ele, porque só voltava de manhã”, declarou.

A polícia está com informações de que Maxuel Araújo está no município de Rio Preto da Eva (a 80 quilômetros de Manaus).

Marcelo Andrews estava cursando o 5° período do curso de Engenharia Civil no Centro Universitário do Norte (Uninorte). Ele deixou dois filhos, um de 5 anos e outro de 8 anos de idade. Ainda não foi decidido o local do velório e do enterro.

Publicidade
Publicidade