Quinta-feira, 05 de Dezembro de 2019
PRESO EM PRESIDENTE FIGUEIREDO

Vigilante é preso por estuprar enteada de 17 anos grávida em Manaus

Delegada informou que o homem de 44 anos chegou a negar a autoria, mas durante interrogatório confessou o abuso sexual



PRESO_F9D13876-1BA5-4170-8F83-8723B9B396A9.JPG Foto: Jander Robson
30/04/2019 às 15:06

Um vigilante sanitário de 44 anos foi apresentado pela Polícia Civil, na manhã desta terça-feira (30), após ser preso pela autoria de estupro contra a própria enteada, de 17 anos, que está grávida de cinco meses. O crime aconteceu na casa da mãe dela, no bairro Tarumã, na Zona Oeste de Manaus.

O acusado deixou a esposa no trabalho e, por volta das 6h, retornou para casa e cometeu o crime. A vítima estava em um dos quartos e na companhia da irmã de 9 anos, filha biológica do padrasto. Segundo o depoimento dela na Polícia, o homem mandou a filha sair do cômodo e em seguida estuprou a enteada.



De acordo com a delegada Joyce Coelho, titular da Delegacia Especializada em Proteção a Criança e ao Adolescente (Depca), ele foi preso em Presidente Figueiredo, no interior do Estado, cerca de sete horas após o crime. Na delegacia, ele chegou a negar a autoria, mas durante interrogatório confessou o abuso sexual.

O vigilante já havia abusado da jovem, quando tinha 11 anos. Segundo a delegada, no primeiro abuso a adolescente fugiu para morar com o pai. "Ela só retornou porque está grávida de um namorado e foi morar com a mãe, então o padrasto foi lá e abusou dela. A mãe o denunciou após ficar sabendo”, disse a delegada. Ele deve passar por uma audiência de custódia.

News f bio 1671 d7c3ddae a0d2 4da2 9b50 c136017d92da
Repórter de Polícia do Jornal Manaus Hoje

Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.