Publicidade
Interior
EDUCAÇÃO

Barreirinha inicia implantação do Sistema Integrado de Gestão Educacional

Além de garantir a melhoria profunda da qualidade de ensino, o projeto vai preparar a cidade para a Prova Brasil, que ocorre em 2019 13/07/2018 às 10:24
Show  ndice
(Foto: Divulgação/Assessoria)
acritica.com

A Prefeitura de Barreirinha (a 331 quilômetros de Manaus) iniciou a implantação do Sistema Integrado de Gestão Educacional de Barreirinha (Sigeb) que vai garantir mais segurança ao armazenamento de dados de alunos e professores das escolas, representando significativo ganho na avaliação da aprendizagem dos estudantes.  O sistema faz parte do projeto “Renovando o Futuro”, lançado em junho deste ano, no município.

Além de garantir a melhoria profunda da qualidade de ensino, o projeto vai preparar a cidade para a Prova Brasil, que ocorre em 2019.  “Estamos dando início à segunda fase do projeto com a implantação do sistema que vai nos garantir informações seguras e em tempo real do rendimento escolar dos alunos para que possamos acompanhar com mais eficácia a metodologia de trabalho da Secretaria Municipal de Educação”, informou o prefeito de Barreirinha, Glenio Seixas.

Ele lembrou que o primeiro passo do projeto “Renovando o Futuro”  foi o levantamento de um diagnóstico, realizado em maio e em junho deste ano, sobre a realidade educacional da cidade, que conta, atualmente, com 96 escolas e 9 mil alunos. O estudo  preliminar avaliou dados do quadro docente; quadros administrativo e técnico; instrumento didático pedagógico; formação continuada aos docentes; necessidade de intervenção pedagógica;  avaliação do desempenho escolar; avaliação da matrícula escolar;  rendimento escolar além do estudo da avaliação da estrutura física e gestão financeira.

“Com base no diagnóstico desses dados, conseguimos elaborar o sistema que vai armazenar informações sobre matrículas, notas e frequência de alunos, transferência, produtividade dos professores e servidores, o que nos permitirá agir de forma rápida, quando for verificada alguma mudança de comportamento dos quadros de alunos e professores”, apontou o prefeito de Barreirinha.

Política pedagógica

Além da implantação do Sigeb, a Prefeitura de Barreirinha, também, deu início, neste mês, à implementação  do  Projeto Político Pedagógico (PPP). “O projeto se refere à identidade da escolar do município e define o plano de ações das escolas, nas diversas modalidades de ensino, como a Educação Infantil e os períodos do Ensino Fundamental para que possamos trabalhar em cima de um projeto direcionado à melhoria da qualidade de ensino”, explicou o secretário de Educação do município, Luis Alberto.

No último Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb) do Ministério da Educação (MEC), aplicado em 2015, o resultado obtido pelas escolas de Barreirinha foi de 3.9, e a meta projetada pelo MEC é que as escolas atinjam o mínimo de 4.2.

“Um estudo realizado pelo Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID) mostra que o desempenho dos alunos que estudam em ambientes com boa infraestrutura é superior ao dos que estão em escolas que não dispõem de ambientes adequados. Estamos buscando nossas melhorias, mas sabemos que existe todo um processo para chegarmos aos resultados positivos”, finalizou Luis Alberto.

*Com informações da assessoria de comunicação.

Publicidade
Publicidade