Sexta-feira, 19 de Julho de 2019
SAÚDE

Município de Coari ganha serviço de UTI aérea para remoção de pacientes

Serviço, licitado pela prefeitura municipal, é o primeiro do tipo no interior do Amazonas e já começa a operar nesta semana 



WhatsApp_Image_2018-06-11_at_10.38.48.jpeg
11/06/2018 às 16:35

A partir de agora, o Hospital Regional de Coari conta com uma Unidade de Terapia Intensiva (UTI) aérea própria para a remoção de pacientes em estado grave. O serviço, licitado pela prefeitura municipal, é o primeiro do tipo no interior e já começa a operar esta semana. 

A aeronave irá atender exclusivamente a cidade do interior do Amazonas. Antes da aquisição do serviço, que já está em funcionamento, o translado aéreo de pacientes em UTI era feito apenas pela Secretaria de Estado de Saúde do Amazonas (Susam).

“Nós entendemos que o nosso Estado é muito grande para que apenas o governo estadual atenda todos os municípios. Por isso, como parte dos investimentos contínuos que temos feito na Saúde, realizamos a licitação para essa prestação de serviços, que sei que será essencial para os coarienses”, disse o prefeito Adail Filho. 

A UTI aérea conta com uma equipe completa de paramédicos, além de equipamentos modernos para a manutenção da vida. O avião ficará disponível para pacientes das redes municipal e estadual de Saúde, fazendo o translado de Coari para Manaus em uma hora. 

O diretor do Hospital Regional, Fabrício Botelho, disse que a medida é inovadora e irá aumentar as chances de pacientes em estado grave. “No interior sabemos o quão difícil é transportar pacientes críticos para a capital. Com esse reforço, os custos desse deslocamento serão mais baixos e teremos mais eficiência, melhorando muito as expectativas das pessoas que precisam do atendimento em caráter urgente”, afirmou.

Receba Novidades

* campo obrigatório

Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.