Publicidade
Interior
AJUDA

Prefeitura de Carauari leva ajuda a familiares de internados em hospitais de Manaus

A representação do município da calha do Rio Juruá atende diversos tipos de ajuda demandada pela população de Carauari na capital 22/10/2017 às 19:32
Show 5e283556 ffa6 42d3 88b4 ede719aa48c2
Foto: Divulgação
Antonio Ximenes Manaus (AM)

Com nove anos e um tumor no cérebro Rafinha, de 9 anos, está internado na Fundação Centro de Controle de Oncologia do Amazonas (FCecon), em Manaus. Sua cirurgia está marcada para quarta-feira (25). Raimundo Nonato, 43, seu pai, é ribeirinho da comunidade São José no Rio Anaxiqui, que fica a uma distância de quatro horas de lancha da sede do município de Carauari, na calha do Rio Juruá, a cerca de 788 quilômetros da capital.

Em sua humildade e pouco estudo, Raimundo, que também é conhecido pelo apelido de “Geléia”, vive aflito pelo filho estar internado na UTI do hospital. “Rafinha está nas mãos de Deus. Tenho fé e acredito que ele vai se recuperar”, disse enquanto conversava com o prefeito de Carauari, Bruno Litaiff Ramalho, que o visitou no sábado (21), em um pequeno apartamento alugado pela prefeitura para acompanhar o filho em Manaus. Recursos básicos para a manutenção do menino são disponibilizados pela prefeitura de Carauari.

Em situação relativamente semelhante ao menino de Nonato está um jovem de 15 anos, também natural de Carauari, que, internado na Fundação Cecom com um tumor no reto, precisa da atenção permanente da mãe Nonata Sérgio, 35 anos, a “Sulão”, e o pai Adelson da Silva, 37. Os dois há meses se revezam no acompanhamento do tratamento do filho, que chegou muito debilitado em Manaus. 

O casal também foi visitado pelo prefeito Bruno Litaiff Ramalho, que levou frutas e aproveitou para conversar sobre a situação da saúde do jovem e comunicar sobre a atenção que está sendo dada aos outros três filhos do casal, que ficaram em Carauari. “Nós nos revezamos na atenção ao nosso filho, mas tem sido muito difícil, não fosse a ajuda que vem de Carauari, não sei o que seria de nós”, comentou “Sulão”.

Coágulo

Dona Maria de Fátima, de 72 anos, teve que tirar um coágulo do cérebro e, no momento, está em recuperação no Hospital e Pronto Socorro Doutor João Lúcio, também em Manaus. A filha dela, Tabita Cipriano da Cunha, 33, à cuida com os parcos recursos que dispõe. Ela duas também foram visitadas pelo prefeito Bruno Litaiff Ramalho no hospital. “Muitas vezes faltam as forças, mas a mão amiga do interior não nos deixa entrar em depressão”, comentou Tabita.

Rotina

A rotina de visitar  pessoas que são tratadas em Manaus faz parte da vida do prefeito Bruno Litaiff Ramalho, que após três mandatos em Carauari, entende que a calha do Rio Juruá precisa de um hospital regional de média e alta complexidade em respeito às milhares de pessoas que vivem na região. “Nós temos os serviços básicos em nosso hospital, mas carecemos de uma estrutura hospitalar mais complexa para salvar as vidas de quem vive na floresta”, comentou.

A representação da Prefeitura de Carauari em Manaus, localizada na avenida Sete de Setembro, nº  2030, no Centro, atende diversos tipos de ajuda demandada pela população  de Carauari que vive na capital amazonense em caráter emergencial, especialmente familiares de internados em hospitais. Visitar os enfermos e familiares tem sido uma das principais atividades do prefeito Bruno Littaif Ramalho, quando vem à capital a trabalho.

Publicidade
Publicidade