Quarta-feira, 20 de Outubro de 2021
Polícia

Quadrilha envolvida em assaltos no interior do AM deu prejuízo de R$ 3 milhões para agência bancária

Grupo foi desarticulado no dia 23 de julho em Boa Vista e Manacapuru.



WhatsApp_Image_2021-09-17_at_18.01.17_9CF82DAF-8B20-45FF-B620-1C64DB098384.jpeg Foto: Divulgação
17/09/2021 às 20:18

A quadrilha envolvida no roubo de malotes, avaliados em R$ 2 milhões, em Nova Olinda do Norte também participou de um roubo de R$ 1milhão a um banco, em Autazes. De acordo com investigadores da Delegacia Especializada em Roubos, Furtos e Defraudações (DERFD), o grupo criminoso deu um prejuízo de R$ 3 milhões a apenas uma instituição bancária.

Ainda conforme investigadores, nesta sexta-feira (17), chegou à sede da DERFD, no bairro Alvorada, Zona Centro-Oeste, eletroeletrônicos, eletrodomésticos, veículos de alto padrão, produtos de salão de beleza e outros materiais que foram comprados pelos criminosos. A quadrilha também chegou a comprar uma casa em Boa Vista (RR) e outro imóvel em Manacapuru.

Entre os bens comprados com o dinheiro roubado estavam uma Amarok, uma Range Rover Evoque, fogões, móveis, geladeira e dentre outros materiais.

A quadrilha foi desarticulada no dia 23 de julho em Boa Vista e Manacapuru, entre os presos estavam o casal Anthony Soares Loiola, 24, o “Gabriel” e Jéssica Cavalcante de Melo, 24, além de Ernestro Marques Silvestre Neto, 26, e Alcino Júnior Ribeiro Lima, 43. De acordo com a investigação, o grupo era formado por moradores de Autazes e Manacapuru. Com eles foram encontrados apenas os veículos, os materiais dos roubos, além da quantia de R$ 13 mil em espécie.

O CRIME

O roubo em Nova Olinda do Norte ocorreu no dia 29 de junho deste ano, enquanto um carro forte transportava dinheiro na AM-254 para uma agência bancária. O grupo chegou a colocar fogo em uma L-200 no meio da estrada e fugiu do município.

Segundo os investigadores da DERFD, o grupo ficou monitorando a chegada de malotes por alguns dias para executar o roubo. Em Autazes, o bando também assaltou um carro forte e levou a quantia de R$ 1 milhão.

PROCEDIMENTOS

O grupo criminoso responderá por formação de quadrilha, roubo e lavagem de dinheiro. Eles já estão à disposição da Justiça. O material apreendido também será encaminhado para Justiça do Amazonas.




Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.