Quinta-feira, 28 de Janeiro de 2021
DISPUTA

A duas semanas da eleição, comando da ALE tem seis ‘candidatos’

Na base governista, Alessandra Campêlo e Roberto Cidade largam na frente; Josué e Péricles tentam representar oposição



CE9F5FC2-6DB2-44D7-85C0-F25C4C7CC1DB_3D6D8EF4-EE29-4C8F-806F-19B0B07432F3.jpeg
03/12/2020 às 13:52

Seis nomes buscam apoio para sucessão da Mesa Diretora da Assembleia Legislativa do Amazonas (ALE-AM). Na base de apoio ao Governo do Amazonas, a disputa segue acirrada entre a vice-presidente da Casa, Alessandra Campelo (MDB), e o deputado Roberto Cidade (PV). 

A base de oposição tem como certo a disputa do atual presidente, deputado Josué Neto (PRTB), que busca a reeleição para um quarto mandato como chefe do Legislativo Estadual. Entretanto, o nome do deputado Delegado Péricles (PSL) é aventado por alguns deputados da oposição.



A CRÍTICA procurou o deputado que respondeu por assessoria que não iria se pronunciar sobre o assunto. O bloco de oposição tem quatro deputados, que ocasionalmente é ampliado com o apoio de três deputados se declaram independentes.

Conforme o regimento interno da Casa Legislativa, a votação do novo presidente da ALEAM ocorre no dia 17 de dezembro. 

 Ainda ocorrendo por fora no bloco governista, estão os deputados Belarmino Lins (PP) e o deputado Saullo Vianna, que perdeu força  nos últimos dias por ter sido alvo da Operação Ponto de Parada, da Polícia Federal. 

Os governistas possuem 18 votos, mas a definição de um nome para disputa pelo bloco depende do aval direto do governador Wilson Lima (PSC). Alessandra Campelo teria mais chances de receber o apoio do governo por causa da postura dela durante o processo de impeachment de Wilson Lima. 

Apesar de fazer parte do MDB de Eduardo Braga, a deputada não apoiou o impeachment de Lima e ajudou a derrotar o prosseguimento do impedimento na Assembleia. A deputada repete o protocolo de outros presidentes da ALEAM e posa ao lado do governador em eventos do governo.

Enfraquecido por comandar o processo de impeachment e uma CPI contra Wilson Lima, Josué Neto se mexe com articulação nos bastidores do conselheiro Josué Filho, que se aposenta em abril do TCE-AM, de atribuição da Assembleia, está sendo negociada dentro do contexto da disputa pela presidência. Josué seria candidato à sucessão do pai.


Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.