Domingo, 21 de Abril de 2019
publicidade
supoermercado.JPG
publicidade
publicidade

ECONOMIA

Abastecimento de produtos no comércio deve normalizar em até 15 dias em Manaus

Segundo a Federação dos Lojistas de Manaus, produtos como açúcar, ovos, frutas, legumes e iogurtes estão com limitações. Empresas do PIM vão antecipar férias de funcionários no dia 25 de junho


01/06/2018 às 07:36

A Federação das Câmaras de Dirigentes Lojistas de Manaus (FCDL) admite que alguns produtos, como açúcar, ovos, frutas, legumes e iogurtes estão com limitações de oferta no comércio local, mas avisa que o abastecimento desses itens deve ser normalizado, na capital e no interior, entre 10 e 15 dias.

Até lá, a federação instrui a população a comprar apenas o necessário ao consumo e que todos devem evitar o estoque desnecessário de produtos. Some-se a essa falta de abastecimento a greve dos rodoviários, que reduziu o número de clientes que impulsionam o mercado varejista do centro da capital, à série de prejuízos aos empresários do Amazonas.

As perdas com a paralisação dos caminhoneiros ainda refletem em perdas ao Pólo Industrial de Manaus (PIM) que estuda a antecipação das férias coletivas, projetadas inicialmente para ter início no dia 25 de junho, e agora com a falta de insumos, principalmente para o pólo eletro-eletrônico, para o dia 25 do mês que vem.

“Nós não queremos que as pessoas vão para os supermercados comprar 20 quilos de arroz, quando necessita apenas de um. É bem possível que os estoques estejam acabando, mas nós temos muitas balsas que estão chegando a Manaus e vai ajudar no abastecimento. Nós vamos sair dessa em no máximo 10 a 15 para voltarmos a uma situação de normalidade”, informou o presidente da FCDL, Ezra Azury.

O empresário explicou, ainda, que produtos como ovos, açúcar e arroz estão com ofertas reduzidas nos comércios da capital em razão das dificuldades de transportes, um reflexo da paralisação nacional dos caminhoneiros. No caso da demanda de ovos, a falta de ração nas granjas do principal importador, Roraima, tem diminuído as remessas do produto para Manaus. “Então é possível que venha faltar algum tipo de ovo, marrom ou branco, mas sempre haverá o produto, embora com oferta baixa”, esclareceu Azury.

Na mesma esteira, o açúcar e o arroz estão com limitações de compra pelo consumidor, e conforme a FCDL, os supermercados estão fixando em no máximo quatro quilos por cliente. “O que a população precisa entender é que deve comprar o que for preciso, e não precisa fazer estoque de nada. E, se todos consumirem só o que vai gastar normalmente não haverá problema de falta de produto na capital e no interior do Estado”, adverte o empresário.

Normalidade

Já o presidente da Câmara dos Dirigentes Lojistas (CDL), Ralph Assayag adverte que, para antecipar a chegada de produtos nas gôndolas dos supermercados, empresários estão substituindo o transporte por via terrestre pelo aéreo. O iogurte, por exemplo, vai começar a faltar no comércio a partir de segunda-feira.

“Os caminhões não conseguem embarcar esses produtos e esperamos a paralisação se tornar zero para que possamos ter a tranqüilidade de voltar a abastecer”, pontuou.

Lojistas absorvem prejuízos

A escassez de alguns produtos no mercado local reflete a crise de abastecimento provocada pela paralisação dos caminhoneiros nas principais estradas brasileiras. Alia-se a esse fato a greve dos rodoviários de Manaus por reajustes salariais, e as empresas e indústrias do Estado começam a amargar os prejuízos e estancam uma reação frente aos desafios recorrentes da economia do País.

No Centro de Manaus, a Federação dos Lojistas declara que os prejuízos estão sendo absorvidos pelos empresários e que não há impactos significativos nos polos de roupas e calçados. São itens que não se necessitam de imediato e para isso existem estoques”, confortou Erza Azury.

Já as empresas do PIM vão antecipar as férias coletivas por desabastecimento de insumos, principalmente para a indústria de eletro-eletrônicos, do dia 25 de junho para o dia 11 até que se restabeleçam os estoques dessas empresas.

publicidade
publicidade
PC prende segunda suspeita de furtar TVs em comércio na av. Torquato Tapajós
Comércio e shoppings irão funcionar em horário especial na sexta-feira Santa (19)
publicidade
publicidade
publicidade
publicidade

publicidade
publicidade

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.