Sexta-feira, 19 de Abril de 2019
publicidade
semanasaudenaescola.JPG
publicidade
publicidade

Saúde

Abertura da 6ª Semana Saúde na Escola mostra alunos conscientes contra doenças

Abertura foi marcada por estudantes mostrando que estão engajados literalmente na guerra contra o mosquito Aedes aegypti


04/04/2017 às 05:00

Se é de pequenino que se aprende a combater os males da saúde, os alunos de ensino fundamental da Escola Municipal Dr. Sérgio Pessoa de Figueiredo, na rua Walter Rayol, s/nº, Presidente Vargas,  Zona Sul, deram uma aula de conhecimento contra o temido mosquito da dengue. Na última segunda, dia 3, no lançamento da 6ª Semana Saúde na Escola, cujo tema escolhido pelo Ministério da Saúde (MS) é “Comunidade Escolar Mobilizada Contra o Aedes aegypti”, os estudantes mostraram que estão engajados literalmente na guerra contra o inseto.

No evento de abertura da Semana, a estudante Araceli de Oliveira declamou um texto atentando para o perigo do Aedes. Num dos trechos, ela fala, mesmo com apenas 9 anos de idade, da preocupação com o transmissor da dengue e outras doenças: “Eu fico arrepiada ao ver os noticiários / É muita gente doente, cada dia no calendário / Os jornais só dizem isso, não estão dizendo o contrário / Tem mulher que está gestante e o perigo é maior, pois o bebê que carrega pode ter cabeça menor / Essa microcefalia não podia ser pior / Esse mosquitinho Aedes é pequeno no tamanho, mas avassalador”.

Outro grupo de alunos, do 1º ano do ensino Fundamental, fez uma paródia contra a dengue. Após, outra equipe, do 4 º ano e todos com 9 anos de idade, representou a “Brigada da Educação” da escola Sérgio Pessoa de Figueiredo. Demonstrando consciência, eles falaram da satisfação que é colaborar para combater o mosquito preto e branco.

“Nós limpamos a escola tirando garrafas e sujeira para não criar focos para o mosquito. Tudo isso para prevenir contra o Aedes aegypti. Nós multiplicamos essa informação falando para eles não jogarem lixo no chão para não criar focos do mosquito”, explicou Dênis Diego Muniz.

Para a aluna Ryana Larissa, é muito importante colaborar em ações contra a dengue. “Fazemos isso para manter a escola limpa, não ter mais o mosquito e evitar as doenças”, declarou a menina.
O estudante Lucas Emanoel disse que “devemos tirar os criadouros do mosquito da dengue das escolas para que eles não se criem mais. Sempre tem que haver vistoria”. 

Reforço do Haiti

A Brigada da Educação da escola Dr. Sérgio Pessoa de Figueiredo não conta apenas com brasileiros: a jovem haitiana Farana Celimus reforçou o grupo na luta contra o temido mosquito. “Estudo aqui há 3 anos e me sinto feliz por participar da brigada pois podemos proteger as pessoas, como por exemplo as crianças, para que elas não peguem dengue e morram. A dengue está matando muita gente e precisamos manter as garrafas de cabeça pra baixo, fechar as tampas das caixas d’água e limpar a escola pra não ficar com sujeira e ter risco de dengue”, explica ela, que mora em Manaus com os pais e uma irmã.

Análise

“A escola Dr. Sérgio Pessoa de Figueiredo vem trabalhando com uma forma de dimensões de arte, leitura e interpretação textual que levam o aluno a ter um conhecimento maior, e filosófico também. É um cidadão dentro desta sociedade que está aí, com vários vírus e doenças. Os alunos estão envolvidos de como praticar e evitar essa epidemia que está aí”, analisa a pedagoga Sirlene Solimões.

“Saúde e Educação são importantes políticas sociais que mais promovem e podem promover vida plena. Nada mais justo do que fazer esse trabalho integrado que não é apenas uma determinação dos ministérios da Saúde e Educação, mas de uma preocupação com a vida na nossa cidade”, garantiu a secretária municipal de Educação  (Semed), Kátia Schweickardt.

Meta é mobilizar toda a sociedade

 Na Semana Saúde na Escola, o objetivo é mobilizar não apenas os estudantes,  mas também os profissionais das equipes de saúde, familiares e comunidades para, juntos, atuarem no combate ao Aedes Aegypti e trazer para o cotidiano das escolas e das equipes de saúde da Atenção Básica o enfrentamento do mosquito como parte do cuidado em saúde.

A ação integra o Programa Saúde na Escola e tem como órgãos coordenadores as secretarias de Saúde e Educação do Estado e Município, mobilizando um total de 81.769 alunos da rede pública de ensino de 147 escolas e com apoio de 145 equipes de saúde. Em Manaus, a mobilização será realizada até o dia 7, pelas Equipes de Saúde e Educação do Programa Saúde na Escola. 

A mobilização vai orientar os estudantes sobre a temática, com vistorias na Escola, utilizando o check-list “10 minutos contra o Aedes”, identificando possíveis focos do mosquito; ações de educação em saúde abordando o ciclo dele e sintomas da dengue, zika e chikungunya.

Estão sendo realizadas várias estratégias e atividades relacionadas ao tema, reforçando a articulação local entre saúde e educação, promoção da saúde e desenvolvimento sustentável. Ao estimular ações de promoção à saúde no ambiente escolar, envolve-se não apenas os estudantes, mas também os pais e educadores, atingindo toda a comunidade, informam os órgãos de Saúde e Educação.

Blog

Aldeniza Souza, subsecretária de Gestão da Semsa

Esse engajamento dos 81 mil estudantes das escolas públicas representa a Saúde saindo do seu âmbito e fazendo parceria com a Educação, buscando crianças com capacitação para formar brigadas no combate ao mosquito Aedes Aegypti. Esse é o ponto fundamental, pois a participação da sociedade é importante nessa jornada. E você pegando essas crianças e transformando em brigadas elas saem do seu ambiente escolar e passam a ser fiscais para a identificação de possíveis criadouros do Aedes e evitando a contaminação e a transmissão da doença e crianças com complicações como, por exemplo, a microcefalia ".

Frase

"Me sinto feliz por participar da brigada pois podemos proteger as pessoas, como as crianças, para que não peguem dengue e morram”

Farana Celimus, estudante haitiana de 9 anos

publicidade
publicidade
Projeto de Oftalmologia Humanitária inicia no município de Humaitá
Confira a lista dos 774 convocados no concurso da Susam de 2014
publicidade
publicidade
publicidade
publicidade

publicidade
publicidade

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.