Domingo, 20 de Setembro de 2020
LITERATURA

Academia jurídica lança coletânea de biografias

“A Academia e seus Patronos” é um conjunto de 24 livretos através dos quais cada acadêmico atual traça o perfil biográfico de quem dá nome à sua cadeira



Academia_F04EF16B-CC64-4E91-9DDF-45EE3F9465F8.jpg
15/09/2020 às 17:27

Na próxima sexta-feira (18/09), a partir das 11h, em sessão administrativa e não aberta ao público por conta da pandemia de Covid-19, a Academia de Ciências e Letras Jurídicas do Amazonas (ACLJA) lançará o volume 1 da coletânea “A Academia e seus Patronos”, um conjunto de 24 livretos, através dos quais os titulares das cadeiras no silogeu traçam o perfil biográfico daqueles que as titularizam. Os acadêmicos também farão uma breve visita, com todos os procedimentos de segurança em saúde, à nova sede da entidade.

A coleção “A Academia e seus Patronos” é composta pelas seguintes obras:



José Bernardo Cabral, por Júlio Antonio Lopes, cadeira 01;

Carlos Fausto Ventura Gonçalves, por José Roberto Tadros, cadeira 02;

Áderson Pereira Dutra, por Mauro Campbell Marques, cadeira 03;

Álvaro Botelho Maia, por Flávio Pascarelli, cadeira 04;

Oyama Ituassu, por Gaitano Antonaccio, cadeira 05;

Samuel Benchimol, por José Hamilton Saraiva dos Santos, cadeira 06;

Simplício Coelho de Rezende, por Ari Jorge Moutinho da Costa, cadeira 08;

Análio Mello de Rezende, por Alcemir Figliuolo, cadeira 10;

Arnoldo Carpinteiro Péres, por Arnaldo Carpinteiro Péres, cadeira 11;

Vicente Mendonça Júnior, por Marinildes Costeira de Mendonça, cadeira 12;

Ataliba David Antonio, por Adalberto Carim Antonio cadeira 13;

Arthur Cézar Ferreira Reis, por Pontes Filho, cadeira 15;

Waldemar Pedrosa, por Francisca Rita Alencar Albuquerque, cadeira 16;

Roberto dos Santos Vieira, por Jaiza Maria Pinto Fraxe, cadeira 17;

Aristides Rocha, por Jussara Pordeus, cadeira 18;

Henoch Reis, por Edmilson Barreiros Jr, cadeira 20;

Vivaldo Palma Lima, por Lúcia Corrêa Viana, cadeira 21;

Octávio Hamilton Botelho Mourão, por Divaldo Martins da Costa, cadeira 27;

Mário Verçosa, por Liana Mendonça de Souza, cadeira 30;

José Lindoso, por Pedro Lucas Lindoso, cadeira 34;

Aristófanes Castro Filho, por Oldeney Sá Valente, cadeira 38;

Paulo Pinto Nery, por Mário Aufiero, cadeira 40;

Sadoc Pereira, por Socorro Guedes de Moura, cadeira 44;

Adriano Guedes de Queiroz, por Evandro Paes de Farias, cadeira 46.

Sobre a ACLJA

O vice-presidente da Academia, o advogado Júlio Antonio Lopes explica que a instituição foi fundada em 2017, ganhou personalidade jurídica em 2018 e já tem muita história para contar. “O nosso presidente é o Dr. Roberto Tadros, que atualmente preside a CNC. Eu estou no exercício da presidência. Já realizamos e participamos de vários eventos, inclusive fora de Manaus, como o I Simpósio de Direito Amazônico, realizado em Belém do Pará, em parceria com o Instituto Sílvio Meira, e também, o Encontro Amazonas de Direito Médico, sob coordenação da acadêmica Sálvia Haddad, onde se cuidou dos aspectos jurídicos do fim da vida humana. Publicamos dois livros,  “Crimes Passionais”, do jovem advogado Werner Lopes; e uma edição especial “Direito de Expressão –  Estudos em homenagem aos 30 anos da Constituição Cidadã – A Carta da Liberdade” obra multiautoral de muito sucesso. Agora possuímos uma sede, que fica na rua Tapajós, 154, centro histórico de Manaus, que nos foi disponibilizado pela OAB e pela CAAM e onde funcionará, também, a representação local do Instituto dos Advogados Brasileiros (IAB). Estamos montando a nossa biblioteca e o memorial Bernardo Cabral, que é nosso patrono, também ocupante da cadeira de número 01. Iríamos inaugurá-la em 27 de março passado, que é a data de seu aniversário, mas o avanço da pandemia não deixou. Temos nosso hino, nossa bandeira, nosso brasão, o selo comemorativo feito pelos Correios e muita coisa mais. Finalmente conseguimos viabilizar a publicação da coletânea, trabalho árduo  e brilhante de nossos confrades e confreiras, que engrandecem a Casa de Bernardo Cabral com o brilho de suas trajetórias de vida e seus notáveis conhecimentos jurídicos. E os demais membros, que também lustram as nossas hostes, já estão trabalhando para o segundo volume da coleção. Estamos em fase de consolidação e tenho fé de que, daqui a 100 anos ainda se falará de nossa entidade, com orgulho, dessa rajada de heróis”.

News portal1 841523c7 f273 4620 9850 2a115840b1c3
Jornalismo com credibilidade

Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.