Domingo, 25 de Agosto de 2019
Manaus

Acesso à Ufam deve ser liberado nesta segunda-feira (25)

Prefeitura confirmou nessa terça-feira (19) a entrega da alça viária que vai permitir aos condutores entrar no campus pela avenida General Rodrigo Otávio



1.jpg A alça da direita, para entrar no campus, já foi liberada para o trânsito, mas agentes de trânsito controlam o acesso com cones
20/02/2013 às 10:23

A entrega da alça viária que dará livre passagem para condutores que passam pela avenida General Rodrigo Otávio, na frente da entrada da Universidade Federal do Amazonas (Ufam), no Coroado, Zona Leste, está confirmada para segunda-feira (25). A entrega ocorrerá sete meses depois do prazo inicial de conclusão. A inauguração ainda pode ser antecipada para o próximo fim de semana, mas a prefeitura de Manaus informará as mudanças no trânsito.

A entrega foi confirmada nesta terça-feira (19) pelo Instituto Municipal de Ordem Social e Planejamento Urbano (Implurb), responsável pela obra, e pelo Instituto Municipal de Engenharia e Fiscalização do Trânsito (Manaustrans). A obra está nos ajustes finais e depende apenas da sinalização vertical e horizontal.

Até a semana passada, o recuo com a nova faixa construída na avenida estava com buracos e desnível no asfalto. As imperfeições foram identificadas no início do mês por técnicos da empresa responsável pela obra durante as demarcações da sinalização. Os reparos foram feitos no final de semana.

O projeto de adequação viária denominado “Entrada do Campus da Ufam”, foi apresentado pelo Manaustrans no dia 4 de abril de 2012. A obra deveria ter sido entregue no prazo máximo de 90 dias depois no anúncio, mas os trabalhos só começaram em novembro de 2012, com prazo de conclusão de 60 dias, e sofreram um atraso de 30 dias devido às chuvas. A mudança da fiação elétrica e de telefonia também influenciou na extensão do prazo.

Alterações

O projeto visa dar maior fluidez ao trânsito na avenida General Rodrigo Otávio, no trecho entre o complexo viário Gilberto Mestrinho e a Ufam, principalmente para quem vai em direção ao Distrito Industrial. O local é considerado um dos maiores gargalos do trânsito da cidade e piora nos horários de entrada e saída dos alunos da universidade.

Com a mudança, quem desce a avenida em direção ao bairro Japiim passará direto pelo trecho, em duas faixas à direita, sem ter que parar no semáforo para quem, atualmente, faz o retorno à esquerda para entrar na Ufam. Os condutores que forem entrar no campus permanecerão na parte central da General Rodrigo Otávio usando duas faixas da avenida, à esquerda. Apenas o acesso de condutor que entra no campus será controlado por semáforo.

Outra mudança é que a atual conversão à esquerda, feita principalmente por quem sai da Ufam, atravessando as faixas da avenida, no sentido Coroado/Japiim será proibida. Os motoristas terão que virar à direita e fazer o retorno no Complexo Gilberto Mestrinho para voltar para a avenida General Rodrigo Otávio em direção ao Japiim.

Alça direita já foi liberada para tráfego

A alça da direita no sentido Coroado/Japiim foi alargada para duas faixas e está sendo sinalizada. A via já está sendo usada para quem faz o retorno antigo para acessar o campus da Universidade Federal do Amazonas (Ufam).

Em horários de pico, entrar no retorno se torna uma “loteria” para quem quer seguir em direção ao campus. Enquanto o retorno está vazio, agentes do Instituto Municipal de Engenharia e Fiscalização do Trânsito (Manaustrans) permitem a entrada de carros.

Depois que o retorno está cheio, fecham o acesso com cones para evitar que se forme uma fila na faixa da direita da avenida. Com o acesso fechado, os condutores precisam se deslocar até o retorno em frente ao supermercado Makro e, só depois, seguir em direção a Ufam. O esquema será extinto após a entrega da obra.

Receba Novidades

* campo obrigatório

Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.