Publicidade
Manaus
Manaus

Acidentes de trânsito envolvendo motociclistas aumentam 53,19% em Manaus

Segundo dados do Instituto Municipal de Engenharia e Fiscalização do Trânsito (Manaustrans) só este ano até o dia 13 de novembro foram contabilizados 220 mortes em acidentes de trânsito em Manaus 17/11/2013 às 17:52
Show 1
Acidentes de trânsito envolvendo motociclistas aumentou 53,19%
Jaíze Alencar Manaus (AM)

De janeiro de 2013 até o dia 13 de novembro, foram contabilizadas 220 mortes de trânsito em Manaus, segundo o Instituto Municipal de Engenharia e Fiscalização do Trânsito (Manaustrans).

O número é 2% maior que no mesmo período do ano passado. Outro dado alarmante é que a quantidade de acidentes com motociclistas, que aumentou 53,19% nos 11 meses deste ano.

De acordo com as estatísticas do Manaustrans, foram registradas 72 mortes de motociclistas em 2013 contra 47 em 2012. As mortes de motociclistas só perdem para as que envolvem pedestres que este ano totalizam 83 contra 85 do ano passado. Enquanto de motoristas passou de 9 em 2012, para 20 este ano, o que corresponde a um salto de 122,22%.

Acidentes fatais envolvendo passageiros em motocicletas e carros totalizaram 7 em 2012 e 8 este ano.

Entre as principais causas para os acidentes estão: negligência (desatenção ou falta de cuidado ao realizar um ato); Imprudência (velocidade excessiva, dirigir sob efeito de álcool, falar ao celular, desrespeitar sinalização, etc.); Imperícia (falta de técnica ou de conhecimento para realizar uma ação de forma segura e adequada).

Números nacionais de acidentes

Conforme informações do Observatório Nacional do Trânsito, foram registradas mais de 60 mil mortes no trânsito, em 2012. A Organização Mundial da Saúde (OMS) estima que 1,3 milhão de pessoas morrem anualmente no trânsito e que até 2030 o número salte para 2,4 milhões.

Dados do Ministério da Saúde (MS)  mostram que morrem quase cinco pessoas por hora em acidentes de trânsito, 120 por dia, mais de 42 mil por ano e mais de meio milhão ficam feridas. Para as Nações Unidas, essa situação precisa ser revertida com o apoio de todos: do próprio cidadão, das autoridades, do setor privado e das organizações sociais.

Outro número alarmante está relacionado aos custos dos acidentes para os cofres públicos. Estudo realizado há quatro anos pelo Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (IPEA) avalia em cerca de R$ 22 bilhões, por ano, o custo econômico dos acidentes nas rodovias federais e estaduais.

Caminhada de conscientização no calçadão da Ponta Negra

Para tentar chamar atenção da sociedade, a Prefeitura de Manaus realizou neste domingo (17), uma caminhada no calçadão da Ponta Negra, Zona Oeste, para lembrar o “Dia Mundial em Memória às Vítimas de Trânsito”.

O evento coordenado pelo Manaustrans levou educadores de trânsito, além de panfletos com mensagens de paz e respeito às leis de trânsito aos motoristas e pedestres na Ponta Negra.

O Manaustrans destaca que trabalhos de conscientização no trânsito são realizados diariamente, envolvendo desde pedestres, motoristas e até mesmo crianças na sala de aula, através do projeto Transversalizando o Trânsito, em que alunos das escolas da rede municipal de ensino aprendem lições de responsabilidade, consciência e respeito às leis do trânsito.

Com informações da Repórter Olívia de Almeida





Publicidade
Publicidade