Sexta-feira, 21 de Fevereiro de 2020
Manaus

Acre e Amazonas poderão receber mais recursos para atendimento a imigrantes haitianos

O valor do repasse pode chegar a R$ 200 por pessoa e os estados têm até três meses para entrar com o pedido de aumento do recurso no Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à Fome (MDS) 



1.jpg Fila de haitianos em Manaus para expedição da carteira de trabalho
22/11/2012 às 17:26

Os estados do Amazonas e do Acre vão receber mais recursos para melhorar o atendimento a imigrantes haitianos em situação de risco. O Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à Fome (MDS) autorizou o aumento no repasse cujo valor, de acordo com o número de imigrantes cadastrados, pode chegar a R$ 200 por pessoa.

Os estados têm até três meses para entrar com o pedido de aumento do repasse no MDS. Os recursos são oriundos do Fundo Nacional de Assistência Social (Fnas), e podem ser estendidos por mais três meses. O financiamento será pago em duas parcelas: a primeira em dezembro e a segunda em 2013.



O número de haitianos no país cresceu ao longo do ano. Em 2011, o Ministério do Trabalho e Emprego (MTE) concedeu 720 autorizações de trabalho. Já em 2012, até meados de setembro, haviam sido concedidas 3.428 autorizações.

Brasileia, no Acre, é a cidade que mais recebe imigrantes haitianos. O governo acreano trabalha para acomodar essas pessoas, mais teme pelo gradativo aumento dos estrangeiros. A cidade abriga atualmente cerca de 200 haitianos que esperam pelo visto de trabalho.

 

 


Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.