Quinta-feira, 28 de Maio de 2020
Manaus

Adolescente é detido suspeito de matar amigo de infância, em dezembro de 2015

Segundo a polícia, o adolescente limpava uma arma de fogo na companhia do amigo e, de forma acidental, houve um disparo em direção à cabeça da vítima



1.jpg O adolescente será encaminhado à Delegacia Especializada em Apuração de Atos Infracionais (Deaai), onde ele será autuado pelo ato infracional de homicídio
23/02/2016 às 17:23

Um adolescente de 14 anos foi preso na manhã desta terça-feira (23) por policiais civis que atuam na Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS). Ele é investigado pelo homicídio do amigo de infância dele, Matheus Lavareda da Silva, ocorrido às 11h do dia 21 de dezembro de 2015.

De acordo com o delegado titular da DEHS, Ivo Martins, a apreensão ocorreu por volta das 11h de hoje, na Rua Bel, bairro Nossa Senhora de Fátima, zona Norte de Manaus.



“Estávamos investigando o caso desde o dia do ocorrido e apuramos que o adolescente estava limpando uma arma de fogo na casa dele em companhia de Matheus e, na ocasião, de forma acidental, houve um disparo em direção à cabeça da vítima, que veio a óbito em seguida. O adolescente não teve a intenção de atirar no amigo, que tinha 15 anos”, explicou Ivo Martins.

A autoridade policial disse, ainda, que as investigações em torno do caso vão continuar. “A arma utilizada pelo adolescente não foi apreendida. Continuaremos realizando diligências até encontrá-la e também precisamos identificar quem é o proprietário. Já sabemos que o revólver não pertence aos pais do infrator”, informou.

Depois de prestar esclarecimentos na DEHS, o adolescente será encaminhado à Delegacia Especializada em Apuração de Atos Infracionais (Deaai), onde ele será autuado pelo ato infracional de homicídio.

*Com informações da assessoria de imprensa


Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.