Quarta-feira, 11 de Dezembro de 2019
MORTE

Adolescente foi morto enforcado com lençol após briga no Dagmar Feitosa

A secretária da Sejusc, Graça Prola, confirmou a briga entre os jovens e afirmou que o adolescente foi morto por outro de 18 anos na hora do almoço dos internos



IML.jpg (Foto: Gilson Mello)
09/08/2017 às 12:58

Um adolescente de 16 anos foi morto por outro jovem de 18 anos nesta quarta-feira (9), no Centro Socioeducativo Assistente Social Dagmar Feitosa, em Manaus. A informação foi confirmada pela Secretaria de Justiça, Direitos Humanos e Cidadania (Sejusc).

A secretária da Sejusc, Graça Prola, informou que o autor do crime foi identificado como Jonathan Pires Teixeira. "Fomos tomados de surpresa. A unidade estava estabilizada. Os adolescentes que se envolveram nesse crime não participaram da fuga no início da semana. A vítima foi morta enforcada", disse.



Graça também ressaltou que as causas do crime serão investigadas. Jonathan tinha completado 18 anos no dia 22 julho. "Estamos investigando as causas do crime, mas ele foi morto com o lençol da cama em uma dos quartos do Dagmar. Quando soubermos todas as circunstâncias vamos esclarecer para a sociedade", explicou a secretária.

Ainda a secretária ressaltou que os internos estavam almoçando na hora do crime. "As aulas tinham acabado e o almoço estava sendo servido. Quando os educadores encontraram o adolescente morto", informou a secretária, acrescentando que Jonathan não iria ser transferido do centro por conta da idade.

“O processo de transferência não estava sendo realizado. Como cometeu ato infracional aos 17 anos. Ele ficaria conosco até 21 anos, onde seria liberado de forma provisória ou por decisão judicial, mediante ao relatório avaliativo”, completou Prola.

O adolescente de 16 estava na unidade de detenção por ter participado de um homicídio. Enquanto Jonathan respondia por roubo qualificado, que segundo a Sejusc, tinha cometido três vezes.

Vizinhos próximos ao Centro contaram a reportagem que desde as 11h havia uma movimentação intensa no local, mas que nenhum barulho de tiro foi ouvido. Policiais da 10ª Companhia Interativa Comunitária (Cicom) foram acionados.

Uma viatura do Instituto Médico Legal foi ao local para remover o corpo assim como a perícia técnica da Polícia Civil.

Fuga

A morte acontece dois dias após a fuga de 34 internos da unidade responsável por medidas socioeducativas com adolescentes infratores que fica localizada na rua Vivaldo Lima, no bairro Alvorada, na Zona Centro-Oeste da capital.

Confira na íntegra a nota da Sejusc sobre o caso:

A Secretaria de Justiça, Direitos Humanos e Cidadania ( Sejusc ), órgão gestor do Sistema Socioeducativo do Amazonas, informa que nesta quarta-feira, 08 de agosto, por volta de 11h30, um adolescente de 16 anos que cumpria medida socioeducativa por homicídio foi vítima de homicídio.

A ocorrência foi no alojamento da unidade Dagmar Feitosa  (Rua Vivaldo Lima, bairro Alvorada, zona Oeste ) e o autor do crime foi o interno, Jonatha Pires Teixeira, 18 anos, que no ato, estava cumprindo medida, há cinco dias,  por roubo majorado.

O interno completou 18 anos durante o cumprimento da medida socioeducativa e por tornar-se maior de idade a ocorrência foi registrada no 10o Distrito de Polícia. As providências foram tomadas e a Polícia Civil, a Perícia Técnico-científica e o Instituto Médico Legal (IML ) estão atuando. Alem disso, a Ronda Ostensiva Cândido Mariano ( Rocam ) vai realizar revista na unidade nesta tarde.

O Governo do Estado lamenta o fato e está tomando todas as providências cabíveis de amparo a família da vítima, além de colaborar com as investigações do ocorrido.


Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.