Quarta-feira, 13 de Novembro de 2019
Manaus

Adolescente é morto ao tentar assaltar agência bancária no Alvorada, diz polícia

De acordo com a Polícia Civil, durante patrulhamento de rotina do Grupo Fera, polícia observou o adolescente e o outro homem em atitude suspeita. Vizinhos contestaram versão e disseram que adolescente não estava armado



1.jpg Após ser atingido por tiros, adolescente caiu em via do bairro localizado na Zona Centro-Oeste de Manaus
30/01/2015 às 19:11

Um adolescente de 17 anos identificado como "Moisés" foi morto em um tiroteio na tarde desta sexta-feira (30) antes de supostamente cometer um assalto no bairro Alvorada, Zona Centro-Oeste de Manaus. Segundo a polícia, ele e outro homem, que não foi identificado, estariam planejando roubar um banco Bradesco da área. O caso ocorreu por volta das 13h na rua 8 do bairro Alvorada 1. Alguns moradores contestaram a versão do crime. 

De acordo com a Polícia Civil, durante patrulhamento de rotina do Grupo Força Especial de Resgate e Assalto (FERA), a polícia observou o adolescente e o outro homem em atitude suspeita rondando a agência. A denúncia partiu do disque-denúncia 181.



Ao serem abordados, conforme a Polícia Civil, a dupla teria se sentido intimidada e por isso teria disparado várias vezes contra a viatura com um revólver calibre 38. Durante o tiroteio, o adolescente com iniciais Moisés foi morto após ser baleado no estômago. Ele foi levado pelos próprios policiais na viatura do FERA ao Serviço de Pronto Atendimento (SPA) do bairro Alvorada, mas não resistiu ao ferimento e veio a óbito.

Na unidade de saúde do Alvorada, vizinhos contestaram a afirmação da Polícia Civil sobre a morte de Moisés. Na ocasião, populares relataram que o adolescente não oferecia perigo. “Ele estava sentado. A polícia diz que eles tinham uma arma mas ninguém viu essa arma”, contou uma mulher, que não quis ser identificada. Outra mulher diz que o adolescente já foi transportado morto pelos policiais.

A Polícia Civil confirmou que o jovem foi transportado na viatura do FERA até o SPA. Ainda segundo a PC, a versão dos moradores sobre a ausência de arma no crime não procede e disse que o revóver foi apreendido pelo Grupo FERA.

Passagens pela polícia

Segundo a polícia, a primeira passagem ocorreu no dia 28 de dezembro de 2011 pelos crimes de roubo e porte de arma de fogo. Já a segunda ocorreu no dia 26 de junho de 2013, onde ele teria cometido um furto. A terceira passagem foi registrada em abril do ano passado, data em que Moisés teria cometido um segundo crime de roubo e tentativa de homicídio.

Ainda de acordo com a polícia, o adolescente é suspeito de ter roubado um carro modelo S10 de um coronel da Polícia Militar em outubro do ano passado.

A Delegacia Especializada em Roubos, Furtos e Defraudações (Derf) irá prosseguir com as investigações para localizar o segundo suspeito. O corpo do adolescente foi removido do SPA por uma viatura do Instituto Médico Legal (IML).


Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.