Publicidade
Manaus
Manaus

Adolescente morre soterrado enquanto trabalhava em obra sob forte chuva em Manaus

A vítima tinha 16 anos e trabalhava no local com mais dois rapazes. Outro ajudante de pedreiro também foi soterrado, mas sobreviveu. Os dois ficaram submersos no barro por mais de duas horas. 01/11/2013 às 22:19
Show 1
A casa onde ocorria a obra, no bairro Cidade de Deus, Zona Norte, foi interditada pela Defesa Civil
VINICIUS LEAL Manaus (AM)

O ajudante de pedreiro Alysson Matheus Cruz Romaine, 16, morreu asfixiado na tarde desta sexta-feira (1º) após ser soterrado enquanto trabalhava em uma obra no bairro Cidade de Deus, Zona Norte da capital. Outro rapaz que trabalhava na obra, identificado apenas como Jean, 14, também foi soterrado, mas sobreviveu. O acidente aconteceu durante a forte chuva que atingiu a cidade no início da tarde desta sexta.

Segundo um funcionário da Secretaria Municipal de Assistência Social (Semasdh) que não quis se identificar, os dois rapazes foram soterrados por volta das 10h30 e só foram resgatados às 12h40, quando alguém percebeu a falta deles. A obra estava sendo realizada há poucos dias em uma casa na rua São Francisco, bairro Cidade de Deus, onde mora um casal. Segundo vizinhos, estava sendo construído um muro de arrimo no local.


Os dois rapazes foram soterrados enquanto escavavam um buraco necessário à construção do muro. O pedreiro responsável e o proprietário da casa, identificado como Ciberg, não foram localizados. Um terceiro rapaz que também trabalhava na escavação do buraco, o estudante Janderson Mendes Maia, 17, contou à reportagem como escapou do acidente.

“Eu ainda trabalhei lá de manhã. Meu pai pediu para eu parar porque estava chovendo muito. Eu falei para eles pararem também, mas eles disseram que iam até o fim. Eles estavam ‘doidos’ para terminar”, relatou. Segundo Janderson, ele foi contratado por R$ 150 para trabalhar como ajudante de pedreiro. Ele não soube informar a quantia recebida pelos outros dois.

O Instituto Médico Legal (IML) recolheu o corpo de Alysson por volta das 14h e Jean passa bem após ter recebido atendimento médico. O velório de Alysson aconteceu ainda nesta sexta, à noite, na casa onde morava, na rua Santa Marta, Cidade de Deus, e a família não quis falar com a reportagem. A casa onde ocorreu o acidente foi interditada pela Defesa Civil. Um inquérito sobre o caso foi instaurado no 13º Distrito Integrado de Polícia.


Publicidade
Publicidade