Segunda-feira, 28 de Setembro de 2020
Noite de sexta

Adolescentes de 14 e 16 desaparecem no bairro Zumbi 2 e preocupam familiares

Familiares de duas jovens afirmam que ela sumiu na noite da última sexta-feira e acusam uma jovem identificada como Raquel, de 18 anos, de desaparecer com as adolescentes



14397410_10205715808854044_1898648664_n.jpg Sthefani Caroline Hiroiaque de Matos, de 14 anos, e Nathália Mota Lauver, 16, sumiram na última sexta (Foto: Divulgação)
19/09/2016 às 18:50

As adolescentes Sthefani Caroline Hiroiaque de Matos, de 14 anos, e Nathália Mota Lauver, 16, desapareceram na noite da última sexta-feira (16) no bairro Zumbi 2, Zona Leste de Manaus. Outras três garotas também teriam desaparecido. Familiares acusam uma jovem de 18 anos, identificada apenas como Raquel, de levar as adolescentes de Manaus para a cidade de Boa Vista.

De acordo com familiares de Sthefani, ela estava na residência da tia dela, também no Zumbi 2, na mesma rua onde mora, quando desapareceu. Era por volta das 21h de sexta quando uma amiga, Nathália, chamou Sthefani para ir até a frente da casa. Sthefani saiu e desde então não foi mais vista. “Ela simplesmente sumiu. Não sabemos para que lado ela foi e não temos notícias”, falou Lucineide Ferreira Hiroiaque, 32, tia.



“Ela estava dentro da casa da tia, próximo à casa da mãe, com todos os outros primos, quando essa amiga (Natália) foi lá e chamou minha sobrinha”, disse a tia. “Essa amiga (Natália) frequentava a casa dela, conviviam juntas. Elas sempre ficavam na frente da casa conversando. Minha sobrinha não era acostumada a sair a noite, foi criada em igreja. Não era moça de passar a noite fora de casa. Era uma menina meiga, calma, não era agitada e de ter várias amizades”.

A mãe de Nathália, Rosenilda Ferreira Mota, 50, também confirmou o desaparecimento da filha. "A minha filha nunca havia feito isso. Notei a falta dela no sábado quando cheguei em casa e perguntei se ela havia ido para o curso que faz de manhã. A irmã dela disse que não. Foi aí que conversei com a mãe da Sthefani e descobrimos que ela pode estar com essa tal de Raquel. Estou desesperada", disse ela.  

“A Raquel comunicou os amigos dizendo que estão em Boa Vista. A Raquel que está à frente disso. Ela levou minha filha e as outras para Boa Vista. Ela que está mantendo a minha filha presa. Minha filha ligaria para mim, ela sabe que sou preocupada e não dormiria fora de casa. A gente acha que tem mais gente por trás disso”, falou a mãe de Sthefani, Luciane Hiroiaque de Matos.

A família de Sthefani também descarta a hipótese de que a adolescente planejava fugir de casa. “Ela saiu só com a roupa que estava. Se ela tivesse a intenção de fugir, ela teria levado roupa. As duas (Sthefani e Natália) não tinham dinheiro para se manter até agora na rua”, afirmou a tia, Lucineide. Eles já registraram o desaparecimento na polícia, mas o caso foi dado como abandono de lar. “Não tivemos ajuda da polícia, disseram que não podiam fazer nada”, afirmou a tia, Lucineide.

Quem souber informações sobre o paradeiro de Sthefani ou Natália pode entrar em contato com familiares pelos telefones (92) 99170-5260 ou 99391-5348.


Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.