Segunda-feira, 20 de Maio de 2019
Manaus

Adutora rompe na Zona Oeste de Manaus

Casas e carros foram atingidos pela água que vazou da adutora. O Corpo de Bombeiros e a Polícia Militar estão no local



1.jpg
Um carro foi atingido pelas águas da adutora que rompeu na manhã desta terça-feira (15) na Compensa II
18/01/2013 às 11:06

Uma adutora da concessionária de águas Manaus Ambiental, com capacidade de 800 milímetros, localizada na rua Matos Areosa com a rua das Flores, no bairro compensa II, Zona Oeste, rompeu na manhã desta terça-feira (15), por volta das 9h. Veja vídeo.

De acordo com informações da assessoria de imprensa da Manaus Ambiental, equipes da concessionária foram deslocadas até o local e o abastecimento de água do bairro da Compensa II, bairros vizinhos e da Zona Norte foi interrompido até a finalização do procedimento.

Casas e carros foram atingidos pela água, entulhos foram parar dentro das residências e o asfalto da via cedeu. Três veículos foram arrastados pela ladeira da rua Matos Areosa até parar em frente as residências. 


Segundo o diretor de operações da empresa Jucélio Souza, a estimativa é que aproximadamente 100 famílias tenham sido atingidas e a concessionária vai disponibilizar alojamentos para as famílias afetadas.

Em nota a assessoria de imprensa informou que equipes da concessionária em ação conjunta com a Defesa Civil do município estão fazendo vistorias nos imóveis que foram atingidos para realizar um levantamento sobre os prejuízos. A nota informa também que todas as famílias atingidas serão ressarcidas pela Manaus Ambiental.

A casa da gari Sâmara da Silva e Silva, 30, onde mora com mais cinco filhos, o último com apenas 7 meses, ficou completamente alagada e os filhos tiveram que ficar pendurados para não morrerem afogados. Homens do Corpo de Bombeiros e da Polícia Militar estão no local.

Veja mais imagens


Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.