Quarta-feira, 23 de Outubro de 2019
FORAGIDO

Advogado diz que está negociando entrega de Alejandro com a polícia

O advogado Marco Aurélio Choy informou que está negociando com a polícia para que o enteado do prefeito Arthur Neto se entregue a justiça



show_alejandrovitorio_78AAFD2D-61A9-4BCA-AEC6-C918EF1A0AA1.JPG Alejandro Molina Valeiko (Foto: Reprodução)
05/10/2019 às 17:22

O advogado de defesa de Alejandro Molina Valeiko, Marco Aurélio Choy, informou com exclusividade a equipe de A Crítica que está negociando com a polícia para o enteado do prefeito Arthur Neto, se entregar.

A afirmação foi dada por Choy, após ele ter sido questionado sobre quando a defesa iria se posicionar, após a Secretaria de Segurança Pública do Amazonas (SSP-AM) ter emitido nota declarando que Alejandro está sendo considerado foragido pela polícia.



Por mensagem, Choy disse: “Estamos conversando com a polícia para a apresentação” e que “ele (Alejandro) vai se apresentar”. Entretanto, não informou o horário e o local da apresentação e nem se será ainda hoje.

Mais cedo, o delegado Paulo Martins, titular da Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS), chegou solicitar a colaboração da população na divulgação da imagem de Alejandro Valeiko, que está sendo investigado pela participação no homicídio do engenheiro Flávio Rodrigues dos Santos, que tinha 42 anos, e foi encontrado morto na tarde da última segunda-feira (30), em um terreno no bairro Tarumã, Zona Oeste de Manaus, horas depois de estar em um condomínio no bairro Ponta Negra.

News wal 0488c851 da85 434c afa9 e1a895689bb3
Repórter de A Crítica
Jornalista formada em 2014 pela Uninorte e pós-graduanda em Gestão de Redes Sociais e Marketing Digital pela Fametro, começou em A Crítica como repórter de esportes em 2016. Hoje atua na editoria de política e economia, com uma enorme paixão pelo jornalismo investigativo.

Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.