Sábado, 20 de Julho de 2019
LUTO

Advogado e escritor amazonense Paulo Figueiredo morre em São Paulo

Governo do Estado e OAB-AM emitiram nota de pesar pela morte de Figueiredo, que foi articulista de diversos jornais na cidade, incluindo A CRÍTICA



PAULO.JPG
09/02/2018 às 11:47

O advogado, professor universitário, jornalista e escritor amazonense Paulo Figueiredo faleceu na madrugada desta sexta-feira, em São Paulo, após passar por uma cirurgia no hospital Sírio Libanês.

Paulo Figueiredo foi articulista de diversos veículos de imprensa no Amazonas, incluindo um período como colaborador do jornal A CRÍTICA.  Sua última obra lançada foi 'Náufragos da Esperança - Corrupção e Incompetência na República Lulopetista', na qual analisa, com olhar crítico, os anos de governo do PT no Brasil. Ele também escreveu  “O Cesteiro Inglês” e o “O Golpe Militar no Amazonas – Crônicas e Relatos”.

Além da carreira na comunicação e no Direito, ele também foi secretário de Estado no primeiro governo de Amazonino Mendes. O Governo do Estado publicou uma nota de pesar pelo falecimento de Figueiredo, prestando  "condolências aos familiares e amigos nesse momento de perda".

A Ordem dos Advogados do Brasil Seccional do Amazonas (OAB-AM), na qual Paulo Figueiredo era registrado com o número 547, também manifestou pesar pela morte dele. 

O velório deve ser realizado neste sábado, após o corpo ser encaminhado de São Paulo a Manaus. 

Receba Novidades

* campo obrigatório

Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.