Quarta-feira, 23 de Outubro de 2019
Manaus

Advogado suspeito de participar de esquema de venda de veículos de luxo roubados é preso

Ele foi autuado no 2º Distrito Integrado de Polícia (DIP), no bairro Colônia Oliveira Machado, na Zona Sul, na manhã desta terça-feira (3)



1.jpg Thiago Bezerra do Monte, 24, foi indiciado pelos crimes de receptação e estelionato
03/02/2015 às 21:39

O advogado Thiago Bezerra do Monte, 24, foi indiciado por envolvimento em um esquema de receptação e venda de veículos de luxo roubados. Ele foi autuado no 2º Distrito Integrado de Polícia (DIP), no bairro Colônia Oliveira Machado, na Zona Sul de Manaus, na manhã desta terça-feira (3). 

O delegado titular do 2º DIP, Jander Mafra, informou que policiais da Delegacia Especializada em Roubos e Furtos de Veículos (DERFV) receberam informações de que uma pessoas estaria recebendo um veículo clonado no bairro Educandos e foram até lá para verificar a situação.



Os investigadores interceptaram uma Mitsubishi L200 na rua Inocêncio Araújo, que estava em poder do advogado, e ao verificarem a documentação, eles observaram que o número do chassi não batia com a numeração dos vidros do carro. A placa do veículo é de Santa Catarina (SC). 

Mafra também explicou que Thiago do Monte já vinha sendo investigado pela delegacia desde julho do ano passado. “Ele vendeu uma Cruze por um preço bem abaixo do mercado e o comprador verificou que o chassi não batia com placa e o veículo possuia restrição de roubo. Só que ele (a vítima) já tinha pagado R$ 18 mil e ficou no prejuízo, porque não conseguia trocar o carro”, disse o delegado.

Ainda de acordo com o delegado, o advogado também foi indiciado em novembro do ano passado no 1º Distrito Integrado de Polícia (DIP), na Praça 14, quando mais de dez veículos importados irregulares foram apreendidos. Na época, Thiago não havia sido localizado pela polícia. 

Pagou fiança

Thiago do Monte foi autuado em flagrante e indiciado pelos crimes de receptação e estelionato. Mas por se tratar de crimes afiançaveis, o delegado arbitrou uma fiança no valor de R$ 1 mil que foi paga e possibilitará ao suspeito a responder em liberdade. Apesar disso, Jander Mafra afirmou que um inquérito vai ser instaurado para investigar Thiago. “Ainda não sabemos detalhadamente como ele agia”, contou. 




Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.