Quinta-feira, 18 de Julho de 2019
Manaus

Agentes da Semmas distribuem sacolas e mudas de espécies variadas na Ponta Negra

O trabalho teve início às 8h e se estendeu ao longo do dia. O foco da ação é sensibilizar os frequentadores da praia quanto à necessidade da destinação correta dos resíduos gerados enquanto eles utilizam o local



1.jpg Agentes da Semmas distribuem mudas na Ponta Negra
19/05/2013 às 15:19

A reabertura da Praia da Ponta Negra aos banhistas foi marcada, neste domingo (19), por uma ação de sensibilização ambiental realizada por servidores das Secretarias Municipais de Meio Ambiente e Sustentabilidade (Semmas), Limpeza Pública (Semulsp) e Instituto Municipal de Planejamento Urbano (Implurb). O trabalho teve início às 8h e se estendeu ao longo do dia. O foco da ação é sensibilizar os frequentadores da praia quanto à necessidade da destinação correta dos resíduos gerados enquanto eles utilizam o local.

Foram distribuídas sacolinhas de lixo e mudas de espécies variadas no calçadão. “O trabalho será contínuo e contará com equipes da Semmas e Semulsp, sempre nos finais de semana, quando se registra o maior fluxo de pessoas na praia”,afirmou a secretária municipal de Meio Ambiente e Sustentabilidade, Kátia Schweickardt, destacando o trabalho integrado dassecretarias, principalmente este ano em que o tema Resíduos Sólidos será pauta da III Conferência Municipal de Meio Ambiente, a acontecer de 5 a 7 de junho, em Manaus.

Na praia, os banhistas aprovaram a iniciativa. Ao receberem as sacolas, eles eram orientados também a utilizar as lixeiras espalhadas na praia na hora de descartar seus resíduos, como embalagens, latinhas, garrafas plásticas, restos de alimentos, entre outros. A coordenadora da Comissão Especial de Divulgação e Orientação da Política de Limpeza Pública (Cedop),da Semulsp, Elisa Muller, considerou positiva a receptividade das pessoas que foram à praia para com a iniciativa da sensibilização.

“Tivemos um número menor de banhistas neste domingo, mas com a continuidade das ações, poderemos começar a verificar uma mudança de comportamento”, afirmou. A previsão é de que pelo menos duas vezes por mês sejam feitas sensibilizações com os banhistas. Segundo Elisa, 100 lixeiras foram espalhadas estrategicamente em toda a orla com a finalidade de atender a demanda de geração de lixo. Equipes de limpeza pública estarão no local monitorando as lixeiras.

A praia conta também com o monitoramento do Corpo de Bombeiros e fiscais do Implurb, que fazem o controle do acesso de banhistas no portal de entrada da praia. Além das sacolas de lixo, os frequentadores do calçadão contaram também com a distribuição de mudas ornamentais e frutíferas, dentro do Programa Manaus Verde e Viva, da Semmas. Foram levadas 300 mudas para doação, neste domingo.

*Com informações de assessoria 


Receba Novidades

* campo obrigatório

Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.