Terça-feira, 21 de Maio de 2019
Manaus

Agentes de segurança do Porto de Manaus fecham acesso ao local em protesto por salário

A mobilização, que bloqueia a entrada e saída de cargas afeta boa parte do Centro de Manaus com engarrafamentos. Ato cobra pagamento da categoria - atrasado há 10 dias - e não tem hora para terminar. Prejuízo é de cerca de R$ 50 mil por dia



1.jpg
Secretário-geral do Sinetheam disse que 'um dia de paralização ocasiona prejuízo de aproximadamente R$ 50 mil', mas justifica que está é a única forma de tentar um diálogo
10/07/2015 às 13:08

Aproximadamente 84 agentes de segurança terceirizados do Porto Privatizado de Manaus resolveram fechar a entrada e saída de cargas e mercadorias no local. Conforme os trabalhadores, a mobilização foi motivada por causa do atraso de dez dias do pagamento da categoria, inicialmente prevista para o dia 30 de junho.

Secretário-geral do Sindicato dos Empregados em Turismo e Hospitalidade do Estado do Amazonas (Sinetheam), Joacir Leão informou que nos últimos dois anos, todos os meses a categoria vem passando por problemas sérios de atraso no pagamento, como também no repasse do ticket de alimentação e vale-transporte.

Joacir informou, ainda, que todos os meses a categoria tenta contato com a Companhia de Docas do Maranhão (Codomar), mas nunca são atendidos pela atual responsável pelo porto.


"Resolvemos fechar a entrada do Porto de Manaus pois sabemos que um dia de paralização do despacho de mercadorias ocasiona prejuízo de aproximadamente R$ 50 mil e, infelizmente, está é a única forma que encontramos para tentar um diálogo" disse.

A mobilização iniciou às 7h30 e não tem previsão para terminar. O presidente do sindicato, Deive Couto, reuniu às 11h30 com os representantes da Codomar para verificar se havia a possibilidade de pagamento, mas a cooperativa informou que poderia apenas pagar R$ 400 para facilitar no aluguel dos agentes de segurança e o restante ficaria para próxima semana.

A categoria recebe em média de R$ 1 mil e não aceitou o acordo proposto pela cooperariva. Assim, não há previsão para liberarem a entrada do porto para cargas e descargas. A mobilização afeta boa parte do Centro da cidade com engarrafamentos.


Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.