Publicidade
Manaus
ABASTECIMENTO DE ÁGUA

Águas de Manaus promete aumentar a capacidade de reserva em 20 milhões de litros

Concessionária responsável pelos serviços do tratamento de água e esgoto da capital amazonense, intensificou as obras nas unidades 05/12/2018 às 17:55 - Atualizado em 06/12/2018 às 08:41
Show whatsapp image 2018 12 05 at 17.09.42 19a4a3ac 08f0 4ba8 9a85 bb19a8c9b6f9
Foto: Divulgação
acritica.com Manaus (AM)

Manaus vai ganhar o reforço de cinco reservatórios de água no ano que vem. A Águas de Manaus, concessionária responsável pelos serviços do tratamento de água e esgoto da capital amazonense, intensificou as obras nas unidades. Localizados nos bairros da Compensa, Zona Oeste da cidade, Jorge Teixeira, na Zona Leste, Cidade Nova, Cidade de Deus e Colônia Santo Antônio, ambos na Zona Norte da capital, os novos reservatórios fazem parte do plano de expansão e melhorias da rede de abastecimento da cidade.

As novas unidades vão aumentar a capacidade de reserva de água na cidade em 20 milhões de litros. Se esta quantidade fosse colocada em caixas d’água de 500 litros (modelo mais comum nas residências da cidade), 40 mil caixas poderiam seriam abastecidas.  Os novos reservatórios também devem ajudar a acabar com oscilações na pressão de água nos bairros que serão beneficiados. Juntos, eles terão capacidade de melhorar a qualidade de vida de aproximadamente 450 mil pessoas. 

Novo patamar

A previsão é que os reservatórios da Compensa, Jorge Teixeira e Cidade Nova, que estão com as obras mais adiantadas, sejam entregues já no primeiro trimestre de 2019.  Segundo o gerente de engenharia da Águas de Manaus, Denis Yurgel, as obras são executadas no mais alto padrão de qualidade e tecnologia e devem trazer avanços consideráveis. “As unidades estão sendo construídas para reforçar o abastecimento nestas áreas estratégicas da cidade. Isso vai garantir a estabilidade no sistema e reduzir as possibilidades de problemas no fornecimento de água em Manaus”, afirmou.

Para o diretor-presidente da concessionária, Renato Medicis, os novos reservatórios reafirmam o compromisso da empresa com a cidade. “Nossa atual capacidade de produção de água pode atender Manaus tranquilamente. Os novos reservatórios, juntamente com as expansões de rede, vão nos colocar em um novo patamar e ajudar a resolver problemas antigos. Vamos promover grandes transformações,  com seriedade e transparência”, garantiu. 

Além da construção das novas unidades, a concessionária revitalizou outros 33 reservatórios nos últimos meses, fazendo manutenções essenciais para o funcionamento dos mesmos. Atualmente, Manaus possui 182 reservatórios em operação contínua. A capacidade de reservação é de 226 milhões de litros. Mais de 520 mil residências têm ligação de água disponível na capital amazonense.

Expansões de redes

Os novos reservatórios  ainda devem facilitar a implantação de expansões de redes e assim, levar água tratada até áreas que ainda não são atendidas pela concessionária. Para 2019, a Águas de Manaus pretende dar prioridade nas expansões de abastecimento para as zonas Norte e Leste. Estão previstos 18 mil metros de novas redes de água. Outros 19 mil metros de redes de distribuição já existentes serão substituídos. 

Para completar, algumas adutoras serão duplicadas, ampliando em 11 mil metros a estrutura para distribuição de água tratada. 

Geradores em oito unidades

Hoje, Manaus possui 98% de abastecimento de água, com benefício direto a 2 milhões de pessoas.  Mais de 630 milhões de litros de água são captados diariamente do rio Negro e tratados sob um rígido controle de qualidade. Aproximadamente 30 mil análises são realizadas mensalmente pela empresa, num processo produtivo que envolve mais de 600 pontos de coletas. 

A Águas de Manaus também investiu em tecnologia para melhorar os serviços nos principais reservatórios da cidade. Oito unidades receberam grandes geradores de energia elétrica na primeira quinzena de novembro. Os equipamentos estão ajudando a reduzir interrupções emergenciais no fornecimento de água por conta de falhas ou oscilações no serviço de energia elétrica, além de tornar o sistema de abastecimento mais independente.

Maior do País

A Águas de Manaus é uma empresa do grupo Aegea, a maior companhia privada do setor de saneamento do Brasil. Desde de junho, a Aegea comanda a concessão da capital amazonense. Além de Manaus, a Aegea opera em 49 municípios, atendendo mais de 7,6 milhões de pessoas.

Publicidade
Publicidade