Publicidade
Manaus
TJAM

Airton Luis Corrêa Gentil é eleito novo desembargador do TJAM

O desembargador eleito possui 26 anos de magistratura e já passou por comarcas de Boca do Acre, Humaitá, Manacapuru e Manaus 07/02/2017 às 10:17 - Atualizado em 07/02/2017 às 10:47
Show de
(Foto: Euzivaldo Queiroz)
Oswaldo Neto Manaus (AM)

Airton Luis Corrêa Gentil, de 56 anos, foi escolhido como novo desembargador do Tribunal de Justiça do Amazonas (TJAM). A decisão foi feita por critério de merecimento e ocorreu durante sessão do Pleno na manhã desta terça-feira (7). A posse do novo membro da Corte, composta por 20 desembargadores, ocorrerá na próxima semana.

Airton obteve maior pontuação entre os oito juízes de entrância final. Em segundo lugar ficou o juiz titular da 12ª Vara Cível e de Acidentes do Trabalho, Elci Simões, e em terceiro a juíza titular da 1ª Vara Cível e de Acidentes do Trabalho, Joana Meireles. Dezessete desembargadores participaram da votação.

Segundo o TJAM, o processo de promoção envolveu oito juízes: Airton Gentil, Elci Simões, Onilza Abreu (juíza titular da 8ª Vara Cível e de Acidentes de Trabalho), Mirza Telma de Oliveira Cunha (juíza titular da 1ª Vara do Tribunal do Júri), César Luiz Bandiera (juiz da 2ª Vara da Fazenda Pública Municipal), Joana dos Santos Meirelles (juíza titular da 1ª Vara Cível e de Acidentes do Trabalho), Lia Maria Guedes (juíza da 11ª Vara Cível e de Acidentes do Trabalho) e Adalberto Carim Antônio (juiz titular da Vara Especializada do Meio Ambiente e de Questões Agrárias). 

À imprensa, o novo desembargador se disse emocionado com a escolha. "É a coroação de uma carreira. É a meta e o sonho de todo magistrado chegar ao colegiado. Agradeço aos meus pares que confiaram em mim. Agora é continuar trabalhando da forma que trabalhamos em prol da sociedade amazonense e da democracia. Se pudesse resumir esse momento em uma palavra seria em emoção", disse ele, que possui 26 anos de magistratura e já passou por comarcas de Boca do Acre, Humaitá, Manacapuru e Manaus.

O presidente do TJAM, desembargador Flávio Pascarelli, adiantou que a escolha de um novo desembargador será realizada em março.

"Iremos preencher a terceira das sete vagas no próximo mês. Dependendo do orçamento, vamos preencher o restante. A escolha foi um critério subjetivo dos desembargadores, mas acredito que qualquer um dos oito candidatos seria uma escolha justa. Tenho certeza que o desembargador Airton irá honrar esse Tribunal".Pascarelli ainda disse que em até 60 dias o tribunal deve nomear os juízes aprovados em concurso.

Publicidade
Publicidade