Publicidade
Manaus
Manaus

Ajudante de serviços gerais é preso por assassinar a facadas um pedreiro, em Manaus

Os dois bebiam cerveja juntos no quintal de uma casa quando discutiram e um acabou matando o outro. O suspeito confessou o crime e alegou legítima defesa 23/02/2016 às 10:51
Show 1
Silas (foto) pegou uma faca de cozinha e matou Raimundo, a vítima
Joana Queiroz Manaus

O ajudante de serviços gerais Silas de Souza Lima, 28, foi preso por policiais da Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS) por ser suspeito de ter assassinado o pedreiro Raimundo da Silva e Silva, 44, no dia 31 de dezembro de 2015, em Manaus.

Silas foi preso na tarde de ontem, segunda-feira (22), por volta das 17h, no beco Cruzeiro, bairro Redenção, Zona Centro-Oeste. A prisão ocorreu em cumprimento do mandado de prisão expedido pela juíza da 1ª Vara do Tribunal do Júri, Mirza Telma Oliveira.

De acordo com o delegado Ivo Martins, titular da DEHS, a vítima e o acusado bebiam cerveja no quintal quando Raimundo teria se exaltado e agredido o suspeito. Silas entrou na casa onde morava e foi seguido pela vítima. Os dois continuaram discutindo e Silas pegou uma faca de cozinha e matou Raimundo.

Para a imprensa, Silas disse que agiu em legítima defesa. “Ele, Raimundo (vítima), me agrediu com uma tabua no rosto” disse. Silas, que está respondendo outro processo por tráfico de droga, foi indiciado por homicídio qualificado e será encaminhado para a cadeia pública.

Publicidade
Publicidade