Sexta-feira, 24 de Maio de 2019
DÍVIDAS

Amazonas é o 3º estado com maior número de devedores no país

Pesquisa do Serasa mostra que mais da metade da população adulta residente no Estado está na lista de devedores



show_d_vidas_F87D4C9F-A808-476C-A625-E03732F5B29B.JPG
Foto: Reprodução/Internet
25/04/2019 às 15:36

O Amazonas foi o terceiro Estado do País com o maior número de inadimplentes em março deste ano. Segundo pesquisa divulgada ontem pelo Serasa Experian, 1.348.861 pessoas, representando 51,4% da população adulta residente no Estado, entraram na lista.

A média nacional foi mais baixa: 40,3% dos indivíduos acima de 18 anos entraram na lista, resultando em quase 63 milhões de brasileiros. Entretanto, o número marcou recorde desde o início da série histórica, em 2016.

A inadimplência é maior nas pessoas de 36 a 40 anos (48,5%), mas os idosos apresentaram a maior alta.

O segmento que mais registrou dívidas foi o de bancos e cartões (28,7%). O setor de telefonia teve maior variação de crescimento, com 1,6 pontos.

O economista Luiz Rabi justificou o aumento do desemprego e a inflação para o aumento dos índices. “Além disso, contas como IPTU, IPVA e material escolar também pressionaram o orçamento doméstico”, explicou.

Roraima e Amapá encabeçam o ranking de endividados, com 61,9% e 53%, respectivamente, da população total do Estado em status devedor. A região Norte ainda entra com Acre, Tocantins e Pará na lista dos dez primeiros.

Um método que alterna o costume de contrair débitos e despesas variadas sugerido pela entidade é o cadastro positivo. Essa concessão de crédito analisa o histórico de endividamento pelo CPF ou CNPJ e contas que ainda irão vencer, sinalizando se há espaço para novas dívidas e promovendo um equilíbrio no orçamento.

News portal1 841523c7 f273 4620 9850 2a115840b1c3
Jornalismo com credibilidade

Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.