Quarta-feira, 17 de Julho de 2019
DIAGNÓSTICO

Amazonas terá novo teste rápido, mais eficaz, para tuberculose

Em 2019,1.508 casos novos de Tuberculose foram diagnosticados no Amazonas, sendo 72,4% na capital. O número é ligeiramente menor que o do ano passado



tubercu_108DA9CA-DE1D-43D5-A72B-436B06C0A822.JPG
20/06/2019 às 09:20

A partir de agosto, um novo teste, mais preciso e eficaz, para o diagnóstico da tuberculose será introduzido na rede estadual de saúde. O Teste Rápido Molecular Ultra (TRM-Ultra) para diagnóstico da tuberculose foi tema do 1º Seminário Amazônico de Pesquisa Clínica em Tuberculose, que iniciou nesta quarta-feira (19/06), no auditório da Fundação de Medicina Tropical Doutor Heitor Vieira Dourado (FMT- HDV).

O evento visa mostrar os avanços na pesquisa voltada para o diagnóstico e tratamento da tuberculose. A programação, que vai até sexta (21/06), inclui palestras com pesquisadores nacionais e internacionais. Voltado para profissionais de saúde, entre os temas abordados durante o seminário estão: teste rápido para o diagnóstico de tuberculose, epidemiologia, cuidados da infecção latente e farmacocinética.

A coordenadora do Programa Estadual de Controle da Tuberculose da Fundação de Vigilância e Saúde (FVS), Marlucia Garrido, que representou a Secretaria de Estado de Saúde (Susam) no evento, disse que a previsão da chegada do teste rápido molecular ultra é a partir do mês de agosto, conforme previsão do Ministério da Saúde. “Esse novo teste tem uma sensibilidade maior para detecção da Mycobacterium tuberculosis. Isso vai ajudar bastante, principalmente na melhoria da confirmação do diagnóstico em portadores do HIV e crianças”, disse Garrido.

O novo teste irá substituir o Teste Rápido Molecular TRM-TB, uma versão anterior, que já é usado em Manaus  Tabatinga, São Gabriel da cachoeira e Tefé.

Em 2019, segundo o Programa Estadual, 1.508 casos novos de Tuberculose foram diagnosticados, 72,4% na capital do Amazonas. O número é ligeiramente menor que o do ano passado. Até o final de junho foram registrados 1.568 casos novos, sendo 1.126 casos residentes em Manaus.

As “Novas tecnologias e o Futuro do Diagnóstico Laboratorial da Tuberculose” foi o tema abordado pelo pesquisador de Portugal, Miguel Viveiros, que falou sobre o novo teste. Segundo ele, a experiência de Lisboa, em Portugal, no combate à tuberculose, que estava fora de controle nos anos 90, se relaciona com o desenvolvimento de pesquisas e novas tecnologias que devem ser aplicadas no Amazonas.

“Esse foi o tema da minha palestra, mostrar o quão útil e como nós podemos por no dia a dia do trabalho os métodos de biologia molecular para impedir a transmissão e melhorar o tratamento dos nossos doentes, impedindo que eles adquiram mais resistência”, disse o pesquisador.

O gerente de tuberculose da FMT, Marcelo Cordeiro, destacou a participação de especialistas renomados ao longo dos três dias de Seminário. “A gente conta com a participação de convidados nacionais e internacionais, nos quais eu destacaria a presença do professor Miguel Viveiros, da Universidade de Lisboa, que é uma das maiores autoridades no mundo no diagnóstico de tuberculose. A presença do professor Timothy Sterling, da Universidade de Vanderbilt, nos Estados Unidos, que também é uma das maiores autoridades no mundo no tratamento da infeção latente e do tratamento da tuberculose além de convidados nacionais”, ressaltou o gerente sobre a programação do Seminário.

O professor de Programa de Pós-Graduação de Medicina Tropical do Instituto de Pesquisa Clínica Carlos Borborema, da FMT- HDV, Alysson Costa reafirmou a importância do seminário para a troca de experiências.  “É uma oportunidade de estimular as discussões sobre os avanços da pesquisa clínica, com uma proposta de auxiliar na formação de profissionais no Amazonas”.

O evento acontece no auditório 03 do Instituto de Pesquisa Clínica Carlos Borborema, da FMT- HDV. Durante os três dias de eventos, profissionais do Ministério da Saúde, professores e alunos de mestrado e doutorado de instituições do Amazonas, Rio de Janeiro, Rio Grande do Sul, Paraná, Brasília, Estados Unidos e Portugal apresentam pesquisas inovadoras sobre a tuberculose.

Programação 20 e 21 de junho

Dia 20/06

9h – Palestra: Escore Clínico para Triagem Diagnóstica da Tuberculose em pacientes com HIV

Palestrante: Amanda Lia e Afrânio Kritski

9h50 – Palestra: Lições aprendidas com a implementação do QTF no RepoRT Brazil

Palestrante: Brenda Caroline e Alysson Costa

10h50 – Palestra: Acurácia do QTF Plus para o diagnóstico da Tuberculose

Palestrante: Cecília Borges e Vanderson Sampaio

13h – Palestra: Analise de Sequenciamento Completo do Genoma de cepas do Mycobacterium tuberculosis isolados na FMT-HVD

Palestrante: Hilda Ferreira e João Perdigão

13h40 – Palestra: Gen Xpert na tríplice fronteira Brasil – Colômbia – Peru: lições aprendidas

Palestrante: Maria Francisca e Betina Durovil

14h – Palestra: Acurácia do Xpert Ultra para o diagnóstico da Tuberculose extrapulmonar

Palestrante: Renata Spener e Miguel Vivieiros

15h – Palestra: Estudo comparativo entre três técnicas de identificação de MNT

Palestrante: Varinia Martinez e Lucia Rosseti

15h40 – Palestra: Impacto das orientações para coleta de escaro no rendimento diagnóstico do Xpert MTB RIF

Palestrante: Talita Heleny e Afrânio Kritski

Dia 21/06 - Discussões sobre os temas apresentados

Receba Novidades

* campo obrigatório
News portal1 841523c7 f273 4620 9850 2a115840b1c3
Jornalismo com credibilidade

Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.