Domingo, 19 de Janeiro de 2020
Manaus

Amazonas vacinou quase quatrocentas mil crianças contra a paralisia infantil

Somente Manaus atingiu a meta estabelecida ao imunizar cento e sessenta e sete mil e seiscentos e cinquenta e duas crianças abaixo dos cinco anos, cerca de 95,12% de crianças desta faixa etária vivendo na capital.



1.jpg Crianças de até 5 anos devem tomar a segunda dose da vacina contra poliomelite
09/07/2012 às 18:31

De acordo com a Fundação de Vigilância em Saúde do Amazonas (FVS/AM), o Amazonas imunizou 329.170 crianças menores de cinco anos, o que representa 87,48%. A meta é vacinar 95% das crianças com idades entre 0 e 5 anos.

 Até o momento, apenas a capital do estado alcançou a meta, mas a vacinação continua no interior. De acordo com a coordenadora estadual de imunização, Maria Isabel do Nascimento, apesar de o Estado não ter atingindo a meta nacional estipulada para os Estados, a capital amazonense está entre as primeiras cidades do país a atingir a estimativa de imunizar 95% de crianças menores de cinco anos.



 “Manaus imunizou 167.652 crianças, atingindo a meta com 95,12% das crianças da faixa etária, mas alguns municípios do Estado ainda estão em período de vacinação com o objetivo de completar a campanha e a estimativa para o Amazonas”, explicou a coordenadora.

 Apesar do encerramento da campanha de vacinação contra pólio no calendário oficial do Ministério da Saúde, o Governo do Estado apóia a campanha nos municípios até o dia 21 de julho como forma de alcançar a meta estabelecida de 95%.

 Em 2011 a campanha de vacinação contra pólio foi realizada em duas etapas, vacinando mais de 700 mil crianças em todo o estado.

 Segundo dados do Ministério Saúde, o último caso de poliomielite registrado no Brasil ocorreu em 1989, no Estado da Paraíba. Cinco anos depois, a Organização mundial da Saúde (OMS) concedeu ao Brasil o certificado de eliminação da doença.


Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.