Publicidade
Manaus
DIVERSÃO

Vice-presidente da Disney vem a Manaus e estuda parceria para criar parque temático

Projeto da AmazonasTur existe há dez anos e contatos são feitos no exterior para tentar viabilizar o 'Amazonas BioPark' 14/08/2017 às 06:00 - Atualizado em 14/08/2017 às 21:10
Show capturar
Projeto inicialmente orçado em R$ 180 milhões, deve chegar a R$ 1 bilhão (Foto: Reprodução/Internet)
Tiago Melo Manaus (AM)

O presidente da Associação Mundial de Parques Tematicos e  vice-presidente da Walt Disney Company, Greg Hale, desembarca em Manaus nesta quarta-feira (16), para conhecer o projeto de Parque Temático da AmazonasTur. A intenção é discutir  os termos de uma possível parceria da Associação com a AmazonasTur, que há mais de dez anos vem trabalhando na ideia e buscando potenciais investidores para o Amazonas Biopark.

" Será o único parque temático genuinamente natural e tecnológico, cravado na maior floresta tropical do mundo", afirmou a presidente da AmazonasTur, Oreni Braga, sobre o Amazonas Biopark. Segundo ela, o parque, que no início estava orçado em R$ 180 milhões, deve chegar na ordem de R$ 1 bilhão, com os ingredientes que recebeu.

"Não é investimento para Governo, embora seja um equipamento turístico que vai virar a página do Turismo amazonense e brasileiro", afirmou Oreni, ressaltando que as ações estão sendo apoiadas pelo Ministério do Turismo e pela Embratur.

Segundo Oreni, o parque abordará os ingredientes naturais, museus, brinquedos radicais, estúdios de filmagem, e muito mais.

"O projeto prevê uma estrutura com aquário de nível internacional, borboletário, orquidário, arboreto, núcleo dos povos da floresta, museu arqueológico, trilhas interpretativas, museu da história da borracha, núcleo de conhecimento cientifico, teleférico, montanha russa, núcleo  de experiências, estúdios para produções cinematográficas, além do teatro, dos espaço de convivências, lojas, lanchonetes, centro administrativo e estacionamento", adiantou ela.      

Para abrigar tamanha estrutura, Oreni revelou que o local a ser escolhido não trará impacto antrópico sobre o ecossistema e contará ainda com água ao entorno. "Ainda não definimos o lugar exato, mas já temos mapeados três locais que podem ser estratégicos para o Biopark", disse ela.

Quem quiser já ter um gostinho do que será o parque, a maquete estará montada a partir de terça-feira (15), no Centro de Convenções do Amazonas Vasco Vasques, localizado na Avenida Constantino Nery, Bairro Flores, ao lado da Arena da Amazônia.   

 Acompanhado do Presidente do Sistema Nacional de Parques Temáticos no Brasil, Alain Baldacci, o vice-presidente da Disney parte de volta para os Estados Unidos no sábado (19). Durante sua estadia, o empresário deve conhecer mais sobre o Amazonas e avaliá-lo como um possível local de investimentos futuros.

De acordo com a presidente da AmazonasTur, a vinda de Greg Hale - na condição de presidente da Associação - a Manaus é uma das ações da empresa em busca de financiadores para o projeto. "Há mais ou menos cinco anos estamos fazendo uma divulgação desse projeto na Europa, nos Estados Unidos, na Ásia e nos Emirados Árabes. Este ano já estivemos em Londres, Moscou, Paris, Roma, e agora vamos para Tóquio, em setembro, apresentar o projeto a potenciais investidores japoneses", concluiu ela.

Publicidade
Publicidade